Reportar erro
Bastidores

Final do "MasterChef" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

O NaTelinha foi convidado para registrar tudo o que rolou nos bastidores do reality

campeaband_f16cad6ac9f2daa3910306ce30e846d1060ab8ab.jpeg
Carlos Reinis/Band
Redação NT

Publicado em 23/08/2017 às 14:10:21

Agitação, muito corre-corre e torcida vibrante. Esse era o clima nos corredores da Band na noite desta terça-feira (22), para a grande final do "MasterChef Brasil". O NaTelinha esteve presente e acompanhou tudo de perto

Uma arquibancada foi montada no espaço externo da emissora localizada no Morumbi, região sul de São Paulo, abrigando aproximadamente 450 pessoas que chegaram por volta das 19h para garantir um bom lugar. A pulseirinha branca que a plateia da torcida usava, porém, não dava acesso às demais áreas do evento badalado que contou com o “Estúdio Interativo Tim”, local que contou com a apresentação do blogueiro Hugo Gloss, que interagiu o tempo todo com seus convidados especiais: a modelo Isabeli Fontana, o comediante Márvio Lúcio (Carioca), o jornalista Milton Neves e a ex-participante de uma das edições do "MasterChef", Jiang Pu.

Final do \"MasterChef\" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

Final do \"MasterChef\" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

Os vips tinham acesso à tenda através da disputada pulserinha azul, que dava direito aos presentes degustarem mini pizzas de sabores variados como toscana e peito de peru, e ainda podiam escolher uma bebida feita na hora pelos barmen – que mais pareciam modelos de agências.

Já no terceiro espaço da noite, 250 pessoas assistiram inloco a emoção do duelo entre as finalistas Deborah Werneck e Michele Crispim, que chegaram de Limousine, sorridentes, disfarçando o nervosismo natural.

Final do \"MasterChef\" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

A anfitriã da noite, Ana Paula Padrão, se emocionou em alguns momentos ao vivo, afirmando ser essa a edição mais longa de todas as temporadas. O júri formado pelos renomados chefs Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin estavam em seus devidos lugares prontos para o show.

As duas tiveram que preparar um cardápio autoral com entrada, prato principal e sobremesa em uma prova de mais de duas horas, que foi gravada anteriormente.

Final do \"MasterChef\" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

A apreensão era visível nas redes sociais. Com a hashtag #GanhaMichele e #GanhaDeborah, a torcida era acirrada.

Perto da 1h da manhã, o anúncio foi feito de forma diferente: o celular das duas que tocasse primeiro, levaria o título de "MasterChef Brasil 2017". Michele Crispim chorou de alegria ao lado da família. “Estava confiante, o resto era consequência. Cheguei ao programa com a autoestima baixa. Mas tive humildade para estudar e escutar os profissionais, isso serve para a vida”, bradou.

De entrada, a participante serviu tutano assado com cogumelos ao pesto e crosta de panko. O prato principal foi um cupim com osso de pupunha ao molho jus, purê de alho-poró e crispy de raízes. Para finalizar, a sobremesa servida foi um tartar tropical, que rendeu polêmica após reclamação de cópia por parte da chef Bel Coelho.

Final do \"MasterChef\" é marcada por festa badalada para vips e humildade da vencedora

A campeã levou para casa um prêmio de R$ 200 mil, uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, em Paris, um ano de compras no cartão Carrefour no valor de mil reais por mês, um kit de produtos Tramontina e o sonhado troféu de "MasterChef Brasil".

Daqui a duas semanas, o reality volta às terças-feiras da Band com sua segunda edição "Profissionais".