Reportar erro
Impagável

Com investimentos maciços, Netflix se afunda em dívidas

Netflix amplia seu catálogo na mesma velocidade que contrai dívidas

netflix3_c960551e26b3e3ebc21145aa1592639b871ccab2.jpeg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 31/07/2017 às 10:16:46

Investindo pesado nos últimos tempos em programação original, com filmes e séries caríssimos, a Netflix acumulou mais de 100 milhões de assinantes no mundo todo, e bilhões de dólares em dívidas.

O gigante do streaming vem numa crescente de dívidas alarmantes, segundo dados divulgados neste domingo (30) pelo jornal LA Times. As cifras chegam a impressionantes US$ 20 bilhões.

O períodico ainda relatou que a Netflix duplicou suas despesas este ano, e deve chegar aos US$ 6 bilhões investidos somente em 2017.

Até o momento, a maioria dos seus investidores não está mostrando muita preocupação, dado o valor das ações da empresa, que cresceram 50% no ano passado.

"Eles estão apostando que o financimanto da dívida no curto prazo criará um crescimento e produzirá grandes resultados e estão na teoria de que para ganhar dinheiro, é preciso gastar", escreveu o artigo.

No entanto, um grupo crescente de analistas está preocupado que a bolha Netflix exploda. O próprio streaming admite que está operando no vermelho há muitos anos.

Famoso por seu conteúdo original, a Netflix vem sofrendo algumas baixas, como o fracasso de séries como "Girlboss" e "The Get Down", caras e que não atingiram o resultado esperado, além da comédia "Friends From College", tentativa fracassada do gênero.

Mesmo aqueles produtos bem-sucedidos, estão com seríssimas dificuldades de recuperar o investimento, como "The Crown", que é o produto de TV mais caro da história, custando US$ 130 milhões.

A publicação destaca que a Netflix ainda não descobriu um modelo de negócio que ofereça um "fluxo de caixa limpo" e que não há previsão de que isso ocorra tão breve.

TAGS: