Reportar erro
Exclusivo

Marcão do Povo desabafa sobre polêmica com Ludmilla: "Não fui julgado, fui condenado"

Apresentador também fala sobre Dudu Camargo

marcaodopovo_5217b8469fc7db5fc42c11a7f6a017a4ad08dc1f.jpeg
João Gabriel Batista - NaTelinha
Redação NT

Publicado em 06/07/2017 às 19:59:59

O apresentador do "Primeiro Impacto", Marcão do Povo, causou polêmica no começo do ano ao chamar a cantora Ludmilla de "pobre macaca" no programa "Balanço Geral DF", da RecordTV.

A declaração acabou ocasionando no seu afastamento da emissora local. Dias depois, ele assinou contrato com o SBT.

Na emissora de Silvio Santos, Marcão divide a apresentação do jornal "Primeiro Impacto" com Dudu Camargo.

Em entrevista ao NaTelinha durante lançamento do livro "Silvio Santos - A Trajetória do Mito", de Fernando Morgado, na noite desta quinta-feira (6), o jornalista relembrou a polêmica e garante: "não fui julgado, fui condenado".

Confira:

NaTelinha - Olhando agora, meses depois do caso Ludmila, você acha que foi injustiçado?

Marcão - Eu não fui julgado. Eu fui condenado por uma coisa que não fiz. Não tem nada contra mim. Editaram, soltaram na Internet por um motivo que não sei... Mas a resposta não veio de mim, veio de Deus. É a resposta que veio pra todos que queriam me denegrir. Deus viu que eu estava sendo injustiçado e me deu algo melhor. Nada como um dia após o outro.

NaTelinha - Marcão, já são cinco meses de São Paulo, muitas polêmicas e reviravoltas. Se falassem que você estaria aqui hoje há um ano, como teria reagido?

Marcão - Eu não imaginava nem que estaria vestido, nasci pelado (risos). Foi uma mudança legal. Fui abençoado. A gente tem crescido cada vez mais na audiência. Tenho muito a oferecer para o SBT e estou muito feliz em estar nessa televisão amada pelo Brasil.

NaTelinha - Você imaginava um dia ter contato com Silvio Santos ou trabalhar com ele?

Marcão - Quando você tem Deus e trabalha de maneira séria em prol das pessoas, você espera um dia estar lá. Mas não esperava receber tanto carinho e amor da direção e do Silvio. Não posso pedir mais nada pra Deus durante um bom tempo porque eu já recebi a bênção. Pretendo honrar essa oportunidade que Deus e o SBT estão proporcionando.

NaTelinha - Qual é a diferença de fazer um jornal aqui e em Brasília?

Marcão - Aqui em São Paulo a cobrança é muito maior por causa do público. É totalmente diferente de tudo que já passei. Estou passando por uma transformação da água pro vinho. Eu acredito que eu tenho que me moldar para o que o povo de São Paulo quer e não o oposto. Eu tenho mais é que dar o melhor de mim e agradecer a grande audiência que estamos dando. Eu tenho que fazer um jornal pra esse povo.

NaTelinha - Sente falta de Brasília?

Marcão - Eu recebi muito amor de Brasília. Recebi muito carinho. Eu desafio alguém que tenha recebido tanto amor como eu recebi. Mas eu tô lá todos os dias na casa dos telespectadores!

NaTelinha - Como é seu relacionamento com os jornalistas do SBT??

Marcão - Eles me receberam com muito carinho. Tenho o respeito dos ícones que são os jornalistas do SBT. Eu nunca esperava que fossem tão humildes. O carinho da Raquel comigo, do Nascimento. Só tenho a agradecer.

NaTelinha - Como é o seu relacionamento com Dudu Camargo? Já se falou que vocês não têm uma boa relação.

Marcão - Eu e o Dudu tomamos café todo dia, troca ideia todo dia. Existe muita fofoca, muita mídia, gente que inventa pra criar uma situação desnecessária. A gente tem uma amizade muito saudável. E o que eu puder ajudar o Dudu eu vou ajudar. A gente tá junto.

TAGS:
Mais Notícias