Sônia Abrão critica "situação humilhante" pela qual passou Dudu Camargo: "Quem orienta?"

Apresentadora deu selinho no jovem na semana passada

Reprodução

Publicado em 26/06/2017 às 15:34:59 , atualizado em 26/06/2017 às 16:05:12

Por: Fabrício Falcheti

Após receber e dar selinho em Dudu Camargo na última quinta-feira (22), Sônia Abrão comentou sobre a polêmica participação do rapaz no "Pânico na Band" deste domingo (25), onde ele apareceu bebendo e agarrando a mulheres em atos sensuais.

Nesta segunda (25), no início de seu "A Tarde é Sua", na RedeTV!, a apresentadora criticou as atitudes do jovem, mas creditando a responsabilidade ao seu assessor.

"Por que ele foi submetido a essa situação tão constrangedora, beirando o pornográfico? Quiseram prejudicar de fato o Dudu, que está nessa corda-bamba", disse ela.

Sônia acredita que agora não tem mais possibilidade dele comandar o "Primeiro Impacto" no SBT. "Não sei se ele vai ficar lá, porque agora não tem mais nenhuma condição dele ser ligado a um telejornal. Foi muito pesado", bradou. Mas fez uma ressalva: "claro, se a emissora quiser segurar a onda, ela vai segurar".

"Toda essa situação humilhante, degradante que a gente viu foi ao ar. Deu pena. Por que ele não pode ficar só no estúdio apresentando o programa? Estava muito legal, ele tava surpreendendo", comentou Sônia, sobre o fato do jovem assumir o lugar de Emílio Surita no "Pânico".

"Até aí estava válido, mas aí ir pra casa de massagem ou coisa do tipo, fazer foto simulando que tá tocando a parte íntima das garotas... Qual o limite? Ou não tem nenhum limite?", questionou.

A apresentadora ainda relacionou tudo isso com a idade de Dudu Camargo - 19 anos - criticando mais uma vez o seu assessor ou empresário: "Aí você pega um profissional que está começando agora, que não tem o olhar das coisas... E quem é que conduz isso? Quem orienta? Ou não orienta? Quem foi o doido? E ele deslumbrado achou que estava legal. Tudo isso pra mostrar que não é gay? Precisava? Baixaria não cabe em lugar nenhum. Pra que essa apelação? Foi um choque".

E finalizou sua crítica na "Primeira Página" da atração: "Triste passagem na vida do Dudu que até agora estava indo bem. Se Deus quiser vai superar, só não sei se nesse trabalho que ele faz atualmente. Eu não deixaria. Você fazer um telejornal informal é uma coisa, agora você aparecer nessa situação e depois ir dar notícia, aí fica muito difícil. Aí não dá pra encarar".

Análise: Participação de Dudu Camargo no "Pânico" envergonha e joga credibilidade do SBT no ralo



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS