Reportar erro
"As pessoas não são iguais"

Nicette Bruno faz discurso contra a homofobia no "Encontro"

nicettebruno-encontro-22062017_4783613a2c47e2ddabdaa1fa12eb316aed0d2358.jpeg
Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 22/06/2017 às 18:50:51

Nicette Bruno chamou a atenção no "Encontro com Fátima Bernardes" desta quinta-feira (22), ao bradar contra a homofobia.

A atriz, que está atualmente no ar em "Pega Pega", não se conteve após a declaração de uma mulher da plateia, que rejeitou qualquer possibilidade de sua filha ser homossexual.

"Não aceitaria nunca. Ia sentar e conversar com ela. Procurar um especialista. Não é o preconceito com outras pessoas. São as minhas filhas", justificou.

Nicette então se pronunciou falando sobre a individualidade de cada um. "As pessoas não são iguais. Cada um tem a sua individualidade. Todos têm seu caminho a seguir. É curioso que fica se pensando nessa caso da homossexualidade como se fosse uma coisa estranha, diferente, um defeito. Não é. Meu Deus, é a vida", disse.

O preconceito é incutido nas pessoas desde muito cedo

Nicette Bruno

A viúva de Paulo Goulart continuou abordando a diferença entre as pessoas: "Você pode ter 10 filhos. Eles vão ser todos diferentes. Não são eles quem têm que se modificar. Você que tem que se adaptar a cada um deles. Porque isso forma uma família".

E finalizou: "É um problema de preconceito, sim, e isso vem de muito tempo. Isso é incutido nas pessoas desde muito cedo".

A atriz de 84 anos foi aplaudida nas redes sociais, destacando que o preconceito não tem idade.

Mais Notícias