Reportar erro
Outros tempos

Disputada a tapa por emissoras em outros tempos, Universal Studios fica sem parceria na TV aberta

Com o baixo retorno em filmes, Universal Studios, que já foi alvo de disputa entre emissoras, fica sem parceira

universalstudios_7ee01c7fdacd98d32a114d907e3986e45195ede9.jpeg
Parceria com a RecordTV terminou - Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 05/05/2017 às 06:30:00

Diferentemente de outros tempos, onde havia forte disputa para ver quem saía na frente pelo melhor pacote de filmes, as emissoras agora brigam para ver quem não vai ficar com as produtoras.

A Universal Studios é a única dentre as grandes e mais conhecidas do mercado que está livre e não tem contrato com nenhum canal na televisão aberta para transmitir seus filmes.

Parceira da Globo até meados da década passada, foi seduzida por um acordo milionário com a RecordTV, que exibiu filmes como "Velozes e Furiosos", "Hulk", "King Kong", dentre outros, além de séries como "Heroes" e "House".

Mas agora, procurada pelo NaTelinha, a emissora de Edir Macedo ressalta que tem contrato apenas para a exibição de "alguns produtos", mas não disse quais. A parceria, no entanto, foi encerrada. A RecordTV reitera que "faz tempo que o acordo terminou".

Outras grandes produtoras como a Warner, Fox, Columbia/Sony, Paramount, DreamWorks e Walt Disney, possuem acordo com a Globo, que é a emissora com mais sessões de cinemas no ar.

O canal da família Marinho exibe pelo menos três longas por dia: dois no "Corujão" e mais um na "Sessão da Tarde". Os lançamentos ainda têm ingresso garantido na "Tela Quente".

Na televisão por assinatura, a Universal Studios tem uma relação mais estreita com a Globo. A Rede Telecine é quem transmite os filmes da produtora.

Em 2002, último ano em que a rede carioca teve acordo com o estúdio (até 2004), desembolsou US$ 10 milhões anuais para exibir seus maiores sucessos, de acordo com a revista Variety.