Reportar erro
Pulitzer

"Panama Papers" vence prêmio de jornalismo mundial e RedeTV! comemora: "uma honra"

Emissora foi a única do Brasil a fazer parte do consórcio de jornalistas

franzvacek-mat11042017_6c1cf9f2436a56305b4f19bf963a73fafba63154.jpeg
Superintendente de Jornalismo e Esportes da RedeTV!, Franz Vacek, comemora parceria na investigação
Redação NT

Publicado em 11/04/2017 às 17:05:36

O consórcio "Panama Papers" venceu o prêmio Pulitzer na categoria "Explanatory Reporting", sobre reportagens que explicam em detalhes um grande tema. A RedeTV! comemora a premiação.

Isso porque ela foi a única emissora de TV brasileira a participar do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês), por meio da associação do superintendente de Jornalismo e Esportes, Franz Vacek, que esteve pessoalmente na sede da entidade em Washington, nos Estados Unidos, para afiliar-se em 2015.

A partir daí, criou-se um núcleo interno composto pelos jornalistas Diego Vega, Fernanda Mainzer e Mauro Tagliaferri para investigar as denúncias em conjunto com os parceiros no projeto: UOL e O Estado de S.Paulo.

"É uma honra ter participado diretamente do Panama Papers e ter sido o braço televisivo no Brasil do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Sem dúvida esse reconhecimento mundial é extremamente gratificante na minha carreira e para o jornalismo da RedeTV!", exalta Franz Vacek.

O levantamento identificou pelo menos 37 offshores criadas ou operadas pela Mossack Fonseca - quarto maior escritório de advocacia offshore do mundo - que já foram mencionadas em investigações e processos judiciais sobre recursos naturais na África. O caso consiste basicamente em colocar dinheiro em empresas no Panamá para evitar fiscalização e impostos.

TAGS:
Mais Notícias