Reportar erro
Notícias

Oscar britânico confirma o favoritismo de "La La Land"

laland-natelona.jpg
Foto: Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 13/02/2017 às 20:54:37

No último domingo (12) aconteceu em Londres a edição 2017 do BAFTA. O "Oscar" britânico é considerado o maior prêmio da indústria cinematográfica fora dos estados Unidos.
 
Sem grandes surpresas, "La La Land – Cantando Estações" foi o grande vencedor da noite, confirmando seu favoritismo para o prêmio da academia, que acontece no próximo dia 26. 
 
Pode-se dizer que o prêmio mais inesperado foi dado a Dev Patel, que venceu como melhor ator coadjuvante por sua atuação em "Lion - Uma Jornada para Casa". Todos apostavam em Mahershala Ali ("Moonlight: Sob a Luz do Luar"). 
 
 
Confira a lista!
 
Os vencedores do BAFTA 2017 
 
Melhor Filme: "La La Land - Cantando Estações"
Melhor Atriz: Emma Stone (La La Land - Cantando Estações)
Melhor Diretor: Damien Chazelle (La La Land - Cantando Estações)
Melhor Ator: Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar)
Melhor Fotografia: Linus Sandgren (La La Land - Cantando Estações)
Melhor Roteiro Original: Kenneth Lonergan (Manchester à Beira-Mar)
Melhor Ator Coadjuvante: Dev Patel (Lion - Uma Jornada Para Casa)
Melhor Estreia de 2017 por um Roteirista, Diretor ou Produtor Britânico: Sob As Sombras
Melhores Efeitos Visuais: Mogli - O Menino Lobo
 
Melhor Animação: Kubo e as Cordas Mágicas
Melhor Atriz Coadjuvante: Viola Davis (Um Limite Entre Nós)
Melhor Roteiro Adaptado: Luke Davies (Lion - Uma Jornada Para Casa)
Melhor Filme de Língua não-inglesa: Filho de Saul (Lászlo Nemes, Gábor Sipos)
Melhor Documentário: A 13ª Emenda
Melhor Direção de Arte: Animais Fantásticos e Onde Habitam (Stuart Craig, Anna Pinnock)
Melhor Edição: Até o Último Homem (John Gilbert)
Melhor Figurino: Jackie (Madeline Fontaine)
Melhor Edição de Som: A Chegada (Claude La Haye, Bernard Gariépy Strobl, Sylvain Bellemare) 
Melhor Canção Original: La La Land - Cantando Estações (Justin Hurwitz)
Cabelo e Maquiagem: Florence: Quem é Essa Mulher?
Melhor Filme Britânico: Eu, Daniel Blake