Depois de 22 anos, José Trajano tem contrato rescindido pela ESPN Brasil

Reprodução

Publicado em 30/09/2016 às 12:41:20

Por: Sem autor

Na manhã desta sexta-feira, 30 de setembro de 2016, uma era termina na TV por assinatura. A ESPN Brasil decidiu rescindir o contrato do jornalista e comentarista José Trajano, o seu profissional mais antigo.

O fato foi confirmado pela assessoria de imprensa da emissora esportiva da Disney, em uma nota de 1 linha onde se limita a dizer que "Trajano prestou serviços inestimáveis para o crescimento do canal no Brasil".

Ele já deixa de participar fixamente do "Linha de Passe" nas noites de segunda e sexta-feira, onde era titular desde a criação do programa, em 1999.

Segundo apurou o NaTelinha, um e-mail interno foi enviado por volta das 11h, pegando todos de surpresa na redação da emissora, localizada no bairro de Sumaré, em São Paulo.

Muitos acreditavam que Trajano era um nome intocável, já que foi diretor de jornalismo e fez muito pelo reconhecimento da marca ESPN pelo Brasil.

O jornalista estava na emissora desde que ela tinha o nome de TVA Esportes, em 1994, e de 1995 a 2012 foi diretor de jornalismo da casa, responsável por toda a linha editorial. Deixou o cargo no final de 2012, após os Jogos Olímpicos de Londres, para dar lugar a João Palomino.

Dentre seus grandes feitos na casa, estão a linha de cobertura dos times brasileiros e a ampla transmissão de eventos europeus, o que fez a ESPN ser reconhecida como "a casa do futebol internacional" por muito tempo.

Sua última aparição foi no "Linha de Passe" na última segunda-feira (26), onde tudo correu normalmente, sem qualquer polêmica ou indício de ressentimento.

Nos últimos tempos, José Trajano tem se envolvido em polêmicas. Em uma delas, criticou no "Linha" o programa "Bate-Bola Debate" por ter convidado o humorista Danilo Gentili, chamando a produção de "alienada" e "alheia aos acontecimentos do país".



COMENTÁRIOS