Reportar erro
Com chance

Como Bacurau driblou Bolsonaro para tentar ir ao Oscar

Longa boicotado por Bolsonaro pode ir ao Oscar

Como Bacurau driblou Bolsonaro para tentar ir ao Oscar
Bacurau pode ir parar no Oscar - Foto: Divulgação

Daniel César

Publicado em 29/01/2021 às 04:59:00,
atualizado em 29/01/2021 às 11:47:12

Quando Bacurau ficou de fora da escolha do filme brasileiro selecionado para tentar uma vaga na categoria filme estrangeiro do Oscar em 2019, muito se falou que houve um boicote do órgão do Governo Federal por interferência de Jair Bolsonaro. Agora, o longa de Kléber Mendonça estrelado por Sônia Braga parece ter achado um jeito de driblar a suposta censura do presidente da República para ter alguma chance de tentar uma indicação ao principal prêmio da indústria cinematográfica.

Assim que perdeu a indicação para A Vida Invisível como representante do Brasil na corrida ao Oscar como melhor filme estrangeiro, Bacurau iniciou uma nova maratona para conquistar seu espaço sem precisar do aval de nenhum órgão regulatório e chegar aos principais prêmios do mercado cinematográfico. Em 2020, A Vida Invisível não conquistou uma cadeira entre os indicados, mas agora em 2021, o longa distópico de Kléber Mendonça parece ter chances cada vez mais reais.

Para a Academia, responsável pela seleção dos filmes à premiação, uma produção lançada em seu país de origem está apta para concorrer na categoria de filme estrangeiro, mas para entrar na lista de categorias gerais o que vale é a data de lançamento nos EUA, já que trata-se de uma premiação americana, ainda que seja tratada como universal. Neste caso, Bacurau cumpriu este requisito ao ir a salas de cinema em março de 2020, pouco antes do início da quarentena por conta da pandemia do coronavírus.

Mesmo tendo cumprido o requisito, por não ser de língua inglesa, seria difícil imaginar que um filme brasileiro tivesse chances reais de ir ao Oscar, mas o contexto parece ter mudado as possibilidades. A começar pela falta de blockbusters no ano, graças à Covid-19 que atrasou a maioria dos lançamentos e isso abre espaço para que produções menos robustas, do ponto de vista de produtoras, abocanhem algumas vagas no prêmio.

Mas para ser inscrito oficialmente, um filme deveria figurar no streaming da Academia, uma espécie de Netflix do Oscar e que facilita para os votantes acompanharem a produção que vislumbra uma vaga. Isso acontece quando uma obra inicia o processo de FYC (For Your Consideration), um tipo de divulgação do longa em veículos de comunicação apenas para os votantes saberem que podem votar nele. Bacurau fez isso nesta semana, o que mostrou o completo interesse de garantir a chance de concorrer de fato à premiação.

Bacurau cresce nas apostas

Ainda que Bacurau não apareça nas principais listas de indicados ao Oscar 2021, o filme tem uma vantagem que o tem feito crescer nas casas de apostas: o balanço positivo da crítica. O filme foi escolhido como um dos melhores de 2020 pelo ex-presidente dos EUA, Barack Obama e para se ter uma ideia da força, ele tem 92% de aprovação entre os críticos no site Rotten Tomatoes e 82 no Metacritic.

Recentemente o longa foi indicado na categoria melhor filme internacional no Spirit Awards, uma premiação menor, mas que dá muita credibilidade para os indicados, o que fez Bacurau começar a aparecer no radar dos principais apostadore do Oscar. Como os indicados serão anunciados apenas em 15 de março ainda há tempo para que Bacuaru cresça cada vez mais nas casas de apostas.

Bacuaru tem chances reais?

O NaTelinha conversou com pessoas envolvidas em cinema para verificar as reais chances de Bacurau no Oscar 2021 e todos foram unânimes em afirmar que a expectativa é de que o longa poderá abocanhar pelo menos uma indicação, ainda que com possibilidades remotas de vencer. Pesa a favor da produção latina o sucesso de seu antecessor, Parasita, que virou fenômeno na cerimônia, mesmo não sendo do circuito americano.

Na prática, acredita-se que Bacurau não deverá aparecer entre o principais filmes do Oscar, mas corre por fora em ao menos três categorias: roteiro, com Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, além de Direção, também com os dois e existe a possibilidade de Sônia Braga aparecer na categoria atriz. Ela tem a favor, o fato de ser muito conhecida e respeitada em Hollywood.

Mais Notícias