Revelação

Lua de Cristal não teve trilha sonora lançada e motivo é revelado 30 anos depois

Filme de Xuxa completa 30 anos neste ano

Lua de Cristal não teve trilha sonora lançada e motivo é revelado 30 anos depois
Xuxa e Sergio Mallandro protagonizaram Lua de Cristal - Foto: Reprodução

Publicado em 22/06/2020 às 14:47:00

Por: Redação NT

Lua de Cristal, filme protagonizado por Xuxa, está completando 30 anos em 2020. Pensando nisso, Gabriel Silvam Rodrigo Nicodemo e Diego Alexandre se juntaram para desenvolver um projeto para revisitar a história por trás da produção de maior bilheteria do cinema brasileiro da década de 1990. E foi durante os trabalhos que eles descobriram que a trilha sonora nunca foi comercializada.

“Ela esteve pronta pro filme, as faixas todas prontas, mas ela não foi lançada para não prejudicar a venda do disco da Xuxa, no caso o Xou da Xuxa 5, que ela lançava todo ano o tradicional CD da Xuxa. Eles quiseram lançar no ano seguinte, em 1991, só que devido aos problemas da inflação, devido aos problemas de timing de lançamento, acabou engavetado”, contou Gabriel Silva em entrevista ao podcast Tô de Prosa.

“Infelizmente, essa trilha sonora não foi lançada, o que é uma pena. Foi uma confirmação do próprio Michael Sullivan”, acrescentou. Gabriel ainda relatou que um possível lançamento pode ser feito, mas é uma decisão das empresas donas dos direitos autorais das músicas. “Tudo depende da Xuxa Produções e da Som Livre”, completou.

A produção independente e sem fins lucrativos traça um panorama do filme estrelado por Xuxa e Sergio Mallandro, através de entrevistas e um vasto material guardado em arquivo. Gabriel, Rodrigo e Diego tiraram recursos do próprio bolso para poder retratar as curiosidades do longa-metragem.

Os responsáveis já fizeram 80% das filmagens e conversaramcom a diretora da trama, Tizuka Yamasaki. Foram entrevistados também Yoya Wursch, a roteirista da história, Diler Trindade, produtor, as atrizes Julia Lemmertz e Marilu Bueno, o compositor Michael Sullivan, o humorista Paulo Vieira, entre outros.

Reflexão sobre o período de lançamento

A produção ainda irá propor ao público reflexões sobre o momento turbulento que o Brasil passou no período em que o filme foi lançado. Na época, Fernando Collor de Mello, então presidente do Brasil, fez a extinção da Embrafilme e das críticas que o longa recebeu dos especialistas da época por conta do preconceito contra o cinema popular e comercial.

O trabalho do trio tem como intenção resgatar um pouco da história do cinema através das palavras de quem assistiu e acompanhou o lançamento do filme no período em que foi produzido. A produção tem previsão de ser disponibilizada ao público ainda neste ano.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!