Reportar erro
Ronald Dahl

Netflix compra todas as obras de autor de A Fantástica Fábrica de Chocolate

Autor britânico agora terá várias obras exploradas pela Netflix

Logo Netflix embalada em ticket dourado
Netflix se prepara para explorar obras de autor britânico - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 22/09/2021 às 10:57:17

A Netflix adquiriu a Roald Dahl Story Company, do autor britânico que criou obras como A Fantástica Fábrica de Chocolate. O negócio amplia o relacionamento entre as duas empresas que começou em 2018, segundo noticiou o site Deadline nesta quarta-feira (22).

Até o momento, os projetos incluem as próximas séries de Taika Waititi e Phil Johnston baseadas no mundo de Charlie e a Fábrica de Chocolate, e uma adaptação de Matilda - O Musical. Não se sabe, no entanto, a data de lançamento dos futuros projetos.

A empresa por streaming disse que está de olho na ciração de um universo de projetos baseados nas propriedades Dahl em filmes de animação, live action, TV, jogos, experiências imersivas, teatro ao vivo e produtos de consumo. A oportunidade é vasta e objetivo é aprovetar tudo que há de melhor.

A parceria entre Netflix e Roald Dahl

Os livros de Dahl incluem James e o Pêssego Gigante e The BGF, que venderam juntos mais de 300 milhões de cópias e foram traduzidos para 63 idiomas. Uma de suas obras mais famosas é A Fantástica Fábrica de Chocolate, que ganhou dois filmes, o primeiro em 1971 e o remake de 2005. Há a continuação Charlie e o Grande Elevador de Vidro, mas que não teve filme.

O CEO da Netflix, Ted Sarandos escreveu: "Há um momento em James e o Pêssego Gigante em que a Joaninha diz 'agora estamos prestes a visitar os lugares mais maravilhosos e ver as coisas mais maravilhosas'. A Centopeia responde: 'Não sabemos o que vamos ver'. A Netflix e a The Roald Dahl Story Company compartilham um profundo amor por contar histórias e uma crescente base de fãs global".

"Juntos, temos uma oportunidade extraordinária de escrever vários novos capítulos dessas histórias amadas, encantando crianças e adultos em todo o mundo para as gerações vindouras", encerrou.

Mais Notícias