Reportar erro
Nova regra

Globo cede e citará naming rights de arenas de futebol

Emissora divulgará marcas patrocinadoras de estádios

Cleber Machado, narrador da Globo, na Neo Química Arena
Cleber Machado, narrador da Globo, na Neo Química Arena (Foto: Reprodução/TV Globo)
Paulo Pacheco

Publicado em 04/09/2020 às 19:00:00

A Globo cedeu à pressão dos clubes de futebol e passará a citar marcas patrocinadoras de arenas esportivas, os chamados "naming rights". A mudança acontece na mesma semana em que o Corinthians anunciou a venda do nome de seu estádio em Itaquera (SP) para a Hypera Pharma, parceira comercial da emissora.

"A partir deste sábado (5), a Globo passa a citar nas transmissões dos jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil a marca patrocinadora de arenas esportivas. Essa decisão é fruto do diálogo constante que a Globo mantém com os clubes, sempre respeitando os acordos estabelecidos com as marcas parceiras das transmissões esportivas da emissora", informou o canal ao NaTelinha.

"Como parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas, a Globo busca sempre as melhores soluções para os que apoiam o desenvolvimento do esporte no país", concluiu a emissora.

O Grupo Globo já adotou os nomes comerciais dos estádios em seu portal de esportes. Na TV, a nova regra começará a partir da transmissão de Corinthians x Botafogo, no Premiere, na Neo Química Arena. Este é o nome atual do estádio que durante seis anos foi chamado de Arena Corinthians.

A Neo Química, pertencente ao grupo Hypera Pharma, assinou com o Corinthians um contrato de R$ 300 milhões, pagos em 20 anos, pelo direito de expor a marca no estádio do clube paulista.

Na última terça, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que negociava com a Globo a divulgação do novo nome da arena, localizada zona leste de São Paulo.

Em sua rede social, o mandatário corintiano se pronunciou sobre as emissoras que não vetarão o novo nome do estádio do clube: "Agradeço a todos os veículos e comentaristas que tiveram a grandeza de reconhecer que o futebol mudou. Gratificante saber que novamente o Corinthians com sua grandeza está ajudando a revolucionar o futebol brasileiro. Serão todos bem-vindos à Neo Química Arena".

Com a mudança da Globo, o Palmeiras também sai beneficiado, já que vendeu em 2014 o nome de seu estádio para a seguradora alemã Allianz.

Há seis anos, porém, a Globo se recusou a divulgar a marca e rebatizou a casa alviverde de Arena Palmeiras. Os palmeirenses se revoltaram contra a emissora e passaram a chamá-la de RGT (Rede Globo de Televisão).

TAGS:
Mais Notícias