Novo contrato

Starz fecha acordo com a Claro e passa a oferecer seu conteúdo no Now

Plataforma de streaming tem crescido no Brasil

Starz fecha acordo com a Claro e passa a oferecer seu conteúdo no Now
Logotipo Starz - Foto: Reprodução

Publicado em 11/08/2020 às 14:27:00

Por: Redação NT

A plataforma de streaming Starzplay vai ganhar mais espaço no Brasil, já que fechou um acordo com a Claro para que o serviço esteja disponível também no NOW. A empresa está no país desde o ano passado e agora quer ampliar o seu número de assinantes.

De acordo com informações do site norte-americano Variety, esse é mais um passo da Starz para enfrentar seus concorrentes no mercado brasileiro, como relatou Superna Kalle, vice-presidente executiva do International Digital Networks for Starz.

“A parceria com a Claro, uma das principais plataformas de distribuição de conteúdo da América Latina, permite que a Starzplay fortaleça sua penetração no mercado e dê ainda mais acesso aos assinantes à nossa enorme biblioteca de séries originais e conteúdo com curadoria”, declarou o Superna.

O streaming custa R$ 14,90 por mês e tem em seu catálogo as séries The Act, The Great, Castle Rock e o novo sucesso do público britânico, Normal People. Com a parceria com a operadora, os novos assinantes terão um desconto de 50% nos primeiros 90 dias.

Starz com fácil acesso

A nova opção de conteúdo poderá acompanhar as séries e filmes da plataforma pela TV ou aplicativo, que estão disponíveis em smartphones, tablets e computadores, algo que ocorre com a Netflix, Prime Video e Globoplay.

“Este é mais um importante movimento da Claro, fortalecendo ainda mais a nossa oferta de conteúdo e entretenimento para nossos clientes”, afirmou Fernando Magalhães, diretor de programação e conteúdo da Claro através de comunicado.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!