Exclusivo

Miguel Falabella entra na mira da Amazon para direção de conteúdo no Brasil

Streaming da empresa pretende ter um homem forte para a dramaturgia

Miguel Falabella entra na mira da Amazon para direção de conteúdo no Brasil
Miguel Falabella está na mira da Amazon para diretor de conteúdo. Foto: Divulgação

Publicado em 22/11/2019 às 04:56:29 ,
atualizado em 22/11/2019 às 08:56:06

Por: Daniel César

Miguel Falabella entrou na mira da Amazon para assumir o cargo de diretor de conteúdo de sua plataforma de streaming voltada para séries originais, a Prime Vídeo, no Brasil.

Segundo apurou o NaTelinha, João Mesquita, executivo contratado para assumir a chefia da empresa no Brasil, não deve ser o nome indicado para receber os projetos de dramaturgia da Amazon no Brasil, e ele estaria buscando um nome de peso para a função. Seu preferido é Miguel Falabella.

A intenção da multinacional seria ter um nome conhecido de autores e produtoras para receber projetos para serem avaliados. João Mesquita, que foi diretor do Globoplay, tem ótima relação com Falabella e entenderia que o nome dele é o ideal para assumir a função.

Pessoas ligadas a Amazon no Brasil ouvidas pela reportagem afirmam que, ao menos neste momento, não há um plano B para Miguel Falabella, tamanha convicção de João Mesquita.

VEJA TAMBÉM

Miguel Falabella na Amazon

Vale lembrar que Falabella já brigou com Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da Globo, neste ano e estaria disposto a deixar o canal ao final de seu contrato.

Na Amazon, além de diretor, Falabella também teria a liberdade de realizar seus projetos e este seria um diferencial para que o artista aceite a proposta.

A gigante pretende investir pesado no Brasil nos próximos anos para popularizar a Prime Video e enxerga que o conteúdo original brasileiro é um dos caminhos. Porém, até o momento, nenhum projeto de dramaturgia está sendo avaliado, até porque João Mesquita ainda está preparando terreno e a expectativa é de que as avaliações de projetos fiquem para o ano que vem.

O NaTelinha tentou contato com a Amazon, mas não obteve resposta até a publicação da reportagem.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!