Fernando Ceylão

Rádio Globo afasta humorista que pediu ajuda dos ouvintes para fechar com a concorrência

Apresentador Fernando Ceylão foi afastado uma semana antes do "Café das 6" chegar ao fim

Rádio Globo afasta humorista que pediu ajuda dos ouvintes para fechar com a concorrência
Fernando Ceylão deixa a Rádio Globo e se explica a seguidores - Foto: Reprodução

Publicado em 24/06/2019 às 10:37:23 ,
atualizado em 24/06/2019 às 11:31:46

Por: Redação NT

O humorista Fernando Ceylão, apresentador do programa matutino da Rádio Globo "Café das 6 RJ",  foi afastado pela emissora após pedir aos ouvintes que mandassem mensagens a rádios concorrentes para contratá-lo. No Instagram, o apresentador explicou sua saída repentina.

No Stories, Fernando expôs tudo o que aconteceu para sua saída. "Essa mensagem é pra você que é ouvinte do' Café das 6' e me acompanha aqui no Instagram. A partir de amanhã, segunda-feira, eu não estarei mais no programa", iniciou a conversa com os seguidores. Em seguida, continuou a explicar: "Nessa última semana de 'Café das 6' eu infelizmente não vou estar porque eu recebi um whatsapp de um funcionário da rádio (...) que ele diz que a rádio prefere que eu me afaste do programa, eles não querem mais a minha presença no 'Café das 6', em função de uma brincadeira que eu fiz sexta-feira".

Ceylão fez questão de ser transparente com o público: "Como o programa de sexta-feira era no meio de um feriado, a gente não tinha tantos ouvintes quanto a gente costuma ter e não só por isso, mas também porque eu nunca julguei ninguém. Não gosto de fazer julgamentos, eu faço comentários, fazia comentários no programa. Seja o presidente, seja algum artista comentando... Eu não tendo a julgar. Então se eu não julgo as pessoas, não vou julgar uma empresa. A empresa tomou essa decisão, é uma decisão deles. Mas por essas duas razões - porque nem todo mundo ouviu e porque eu não quero julgar, eu vou botar pra vocês o trecho que culminou na minha saída do programa".

Logo depois, o humorista colocou um trecho do programa, onde Fernando e Renato Cantharino conversavam sobre o fim da atração, respondendo algumas mensagens de ouvintes. "Vocês que vão ficar carente do 'Café das 6', tem a Band News, tem a SulAmérica Paradiso aqui no Rio de Janeiro... Aliás, tenho a maior simpatia pela SulAmérica Paradiso que aliás, foi quem abraçou o grande Canazio, Roberto Canazio que também saiu daqui... Tem a CBN, se bem que a CBN eu não sei se nos cabe, mas tem a Rádio Tupi...", disse Ceylão, dando ideias de outras emissoras para trabalhar.

O humorista ainda continuou: "Tem um monte de rádio pra você. Então você, que vai ficar carente do programa, manda mensagem ou manda e-mail... telefona pra todas essas. SulAmérica Paradiso super cabe a gente lá. Até o Antena 1, que é uma rádio mais de música (...) Então é isso gente. Manda aí. Sulamérica Paradiso, tô falando várias. Mensagem subliminar até pra própria Paradiso, que eles ouvem, o pessoal ouve a gente".

Voltando aos Stories, Fernando seguiu falando sobre sua saída: "Enfim, pra mensagem não ficar enorme é isso. Um ouvinte mandou uma mensagem falando que ficaria feliz em ouvir o 'Café das 6' na Band News e eu brinquei falando: se vocês querem ver a gente em outra rádio, manda mensagem pra rádio e falei as várias rádios que tem. E assim, quem escuta o programa sabe que eu sempre tendo a me sacanear. Eu entendi que eu tava fazendo uma piada com um desempregado que sou eu e não com a Rádio Globo em si. Mas se eles entenderam de outra maneira, como eu disse não cabe a mim julgar, cabe a mim apenas acatar e respeitar a decisão deles".

Se referindo ainda aos ouvintes e seguidores, o humorista explicou o porquê da ele estava contando tudo aquilo em sua rede social: "Mas falando em respeito, como eu tenho um respeito profundo por você, ouvinte do programa que é super carinhoso comigo, aliás, mais uma vez eu preciso falar que já fiz teatro, cinema, TV e nunca tive uma relação assim com o ouvinte ou com o espectador que seja. O rádio cria um afeto que até mais profundo que até o espectador de teatro, aquele sujeito que vai no camarim de corpo presente falar que gostou da peça. Esse sujeito não tem uma relação tão profunda como o ouvinte de rádio. Então como eu amo vocês, faço questão de sempre responder todo mundo que me manda mensagem no direct, achei que eu tinha obrigação de vir aqui no minimo e explicar o que aconteceu. Se não, pode alguém achar: "abandonou o barco no meio, na reta final, ficou sem saco de fazer a rádio na última semana..." Não é isso".

Fernando Ceylão

Descoberto em 1998, Fernando não parou de trabalhar em diversos setores: atuação em novelas, programas de TV, filmes e peças.

Ceylão foi o pioneiro em stand-up comedy, há vinte anos. Há três, integrou o diário "Mais Você", na Globo, realizando crônicas e entrevistando artistas.

Desde maio de 2017, apresentava o "Café das 6", que chega ao fim agora na última semana de junho.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!