Movimento

Grupo Globo cria time de inteligência digital para oferecer novas soluções integradas

Alexandre Grynberg, diretor de Soluções Integradas do Grupo Globo (à esq) e Eduardo Schaeffer, diretor de Projetos Integrados do Grupo Globo - Foto: Globo/Sergio Zalis
Alexandre Grynberg, diretor de Soluções Integradas do Grupo Globo (à esq) e Eduardo Schaeffer, diretor de Projetos Integrados do Grupo Globo - Foto: Globo/Sergio Zalis

Publicado em 11/09/2018 às 12:33:18

Por: Redação NT

A Globo acaba de criar um novo time de inteligência digital, que agrupará funções da TV aberta, TV paga, Som Livre e o Cartola FC, para gerir todos os dados do relacionamento direto com o público nas mais diversas plataformas e lançar novas oportunidades para suas empresas e anunciantes.

Esse novo departamento será liderado por Eduardo Schaeffer (ex-CEO do Zap) e terá como objetivo, junto às áreas de negócios do Grupo, escutar o mercado e desenhar estratégias acompanhando a jornada do consumidor, medindo sempre resultados, apoiado em análise de dados.

Como exemplo, o novo pacote do Futebol 2019 da Globo já reflete essa estratégia, conectando a visibilidade da TV com o Globoplay.

“Cada vez mais, as empresas precisam conhecer seus consumidores em profundidade. Entendemos que o Grupo Globo tem, para isso, uma oferta única: a interseção entre dados e conteúdo de qualidade. Nossa relação com os consumidores é, antes de mais nada, uma ponte fundamental para que nossos clientes tenham mais conhecimento dos perfis e tendências de seus públicos, obtendo melhores resultados em suas estratégias de comunicação. O Grupo Globo passa a ser, além do maior produtor de conteúdo, o maior provedor de dados do Brasil, apoiando efetivamente estratégias de negócio”, ressalta Schaeffer.

Para Jorge Nóbrega, presidente do Grupo Globo, o novo time reflete uma necessidade do mercado: “Já estamos trabalhando de forma integrada em muitas frentes, porém faltava no Grupo um time especializado na estruturação do conhecimento do público e no uso de dados, com foco no que temos de melhor e conectando os projetos de comunicação. Desta forma, nossas ofertas poderão ser desenvolvidas de acordo com o que os anunciantes estão precisando, integradas e sempre apoiadas na enormidade de dados que geramos diariamente e nos conteúdos que nossas empresas produzem de maneira única”.

Segundo Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da TV Globo, “já há alguns anos, nós vivemos a transformação que levou a Globo da sala ou do quarto para onde as pessoas quiserem; somos uma criadora, produtora e distribuidora de conteúdo multiplataforma e isso nos deu muitos pontos de contato e conhecimento das pessoas, os nossos milhões de uns. Agora, com uma inteligência digital que cruza e potencializa dados de todo o Grupo, nossos clientes terão soluções ainda mais abrangentes, eficientes e que vão gerar resultados mensuráveis a todo tempo”.

Para formar o novo departamento, a Globo puxou a equipe de mídias digitais e contratou ainda Alexandre Grynberg (ex-VP de Atendimento da AlmapBBDO) como diretor de Soluções Integradas, Dilton Caldas (ex-iG e ZAP) como diretor de Negócios, e Eduardo Perez (ex-CIO da Livraria Cultura) como diretor de Data & Analytics.

As primeiras empresas do Grupo a serem impactadas por esse modelo de atuação são a TV Globo, a Globosat e a SomLivre.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!