Novo amor

Demorou, mas foi: Brad Pitt faz a fila andar após término com Angelina Jolie

Astro de 58 anos de idade estaria se relacionando com polonesa


Brad Pitt e a polonesa Nicole Poturalski
Brad Pitt engatou romance com polonesa quase 30 anos mais nova - Foto: Reprodução/Instagram

Brad Pitt fez a "fila andar" depois do término do seu casamento com Angelina Jolie, há seis anos. A informação foi publicada pela revista People na quarta-feira (27). "Ele está namorando, mas não está em um relacionamento sério", garantiu uma fonte à reportagem.

O galã de 58 anos de idade estaria saindo com Nicole Poturalski, polonesa de 29 anos de idade e que trabalha como modelo, mas o relacionamento parece ter sido breve. "Ele está vivendo sua melhor fase", completou a mesma fonte.

Os dois se separaram há seis anos e o astro teve que desembolsar cerca de US$ 100 milhões. "Além da pensão alimentícia, Brad vai arcar com despesas de educação, segurança e outras contas até que os seus filhos completem 21 anos”, revelou uma fonte.

Depois de uma longa e dolorosa batalha judicial, o ex-casal finalmente chegou a um acordo pela custódia dos seis filhos.

Brad Pitt não terminou uma numa boa com a ex

imagem-texto

O ator, quando se separou, não queria qualquer contato com Angelina Jolie. Ele só se mostrava disposto a algum quando o assunto dizia respeito aos filhos.

Em meio ao novo romance, Brad Pitt revelou ser portador de prosopagnosia, doença também conhecida como cegueira facial, distúrbio que impede o reconhecimento total ou parcial das feições de seu rosto ou de pessoas conhecidas, como amigos e parentes. Segundo o ator, um dos sintomas da comorbidade é a dificuldade da interação social, que faz com que ele não reconheça seus colegas de trabalho, aumentando sua fama de ser metido e egocêntrico.

A doença de Brad Pitt

"Ninguém acredita que eu tenho essa doença. Nem mesmo meus amigos mais próximos", afirmou o ex marido de Angelina Jolie. A prosopagnosia pode atrapalhar não apenas a carreira, mas também a vida amorosa das pessoas, além dos momentos de lazer. A doença faz com que o indivíduo tenha dificuldade de acompanhar filmes, séries e novelas, já que a pessoa não consegue reconhecer o rosto dos personagens.

Em eventos, o paciente se apresenta desorientado no meio de uma multidão e constantemente se sente perdido. Na vida a dois, quem é acometido pela comorbidade não consegue manter um relacionamento duradouro, por causa do não reconhecimento da face de seu (a) companheiro (a). Em casos mais graves, a enfermidade pode gerar crises de ansiedade, pânico e depressão.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos