Dores

Anitta relata drama com endometriose: "Nove anos de sofrimento"

Cantora dá entrevista ao Fantástico sobre doença que causa cólicas menstruais severas


Anitta fala ao Fantástico sobre diagnóstico de endometriose
"Precisávamos agir rápido. Nove anos nesse sofrimento", relata Anitta ao Fantástico - Foto: Reprodução/Instagram

Anitta fala ao Fantástico deste domingo (10) sobre o drama que vive com a endometriose. No depoimento ao repórter Felipe Santana, a cantora revelou “nove anos de sofrimento” por conta da doença que acomete o útero. Antes de gravar a participação no jornalístico da Globo, a Poderosa precisou tomar três remédios para dor.

"Para eu estar conseguindo falar com você, eu tomei três remédios para dor", relata Anitta em trecho da entrevista ao Fantástico antecipado pelo portal Gshow. Nesta semana, a artista publicou em seu perfil no Twitter que vai passar por uma cirurgia após ser diagnosticada com a endometriose.

O procedimento vai exigir que a cantora dê uma pausa na agenda. “Não pode fazer muito esforço por um mês. Tive que cancelar muita coisa, mas era isso ou morrer de dor não, só depois do ato, mas também quando menstrua. Precisávamos agir rápido. Nove anos nesse sofrimento.”

O que é endometriose?

De acordo com o site do Ministério da Saúde, a endometriose é uma doença inflamatória provocada por células do endométrio (tecido que reveste o útero) que, em vez de serem expelidas durante a menstruação, se movimentam no sentido oposto e caem nos ovários ou na cavidade abdominal, onde voltam a multiplicar-se e a sangrar.

Entre as consequências, a endometriose pode afetar a fertilidade da mulher. Por conta das cólicas menstruais severas, a doença pode ser extremamente incapacitante. As dores também podem ocorrer fora do período menstrual e durante as relações sexuais. Também pode envolver sintomas intestinais e urinários.

Além de Anitta, outras famosas já foram diagnosticadas com endometriose

imagem-texto

Além de Anitta, outras famosas relataram já ter sofrido da doença. Foi o caso de Patrícia Poeta. "Descobri recentemente que tenho endometriose, não operei ainda. Às vezes temos essa dor, às vezes não se manifesta tanto e vai descobrir lá na frente. Às vezes as mulheres demoram 40 anos para descobrir, que foi o meu caso. Às vezes é uma dor insuportável", contou no Encontro da última sexta-feira (8).

A revelação foi em bate-papo com a repórter Michelle Loreto, que também revelou ter sido diagnosticada com a doença. "Eu tive endometriose e operei há quase 20 anos. Eu tinha dor de desmaiar. Na minha época não tinha exame que detectasse a endometriose", disse a jornalista.

Ao longo dos anos, outras famosas já haviam confirmado ter a comorbidade. Tatá Werneck foi outra artista que descobriu ter o distúrbio. A humorista ficou sabendo da doença em 2019 e, durante a cirurgia para vencer a enfermidade, descobriu que estava grávida da pequena Clara Maria, de dois aninhos.

A estatística mostra que a endometriose atinge 10% da população feminina, sem importar a idade, como a de Larissa Manoela que, aos 21 anos, também recebeu o diagnóstico positivo. "Quando a cólica te incomoda excessivamente e te impede de ir à escola e trabalhar, é preciso investigar e fazer acompanhamento com um ginecologista", afirmou a atriz, em uma ação para jovens.

Apesar de acometer pessoas de todas as idades, a maior incidência são de mulheres mais novas. Adriana Esteves e Malu Mader, que hoje têm 52 e 55 anos, respectivamente, descobriram a endometriose quando jovens, no momento em que tentavam engravidar pela primeira vez. Outras famosas como Wanessa Camargo e Guilhermina Guinle também tiveram a doença.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos