Exclusivo

Bel Moreira fala sobre Poliana Moça e bissexualidade: "Me assumi quando tava pronta"

A intérprete de Raquel na trama do SBT namora uma menina há nove meses


Bel Moreira posando para foto com os cabelos presos e vestido colorido
Bel Moreira em foto do dia da estreia de Poliana Moça - Reprodução/Instagram

Em 2019, enquanto estava no ar em As Aventuras de Poliana, Bel Moreira fez uma série de publicações em seu perfil no Twitter após se sentir desrespeitada com alguns comentários sobre sua sexualidade e boatos envolvendo esse assunto. Hoje, já de volta em Poliana Moça, a intérprete de Raquel namora uma menina há nove meses e já está à vontade para falar sobre a bissexualidade. Segundo a atriz, o que mudou de lá pra cá foi ela sentir que ficaria tudo bem se ela se assumisse. "Existia um medo muito grande, de perder o que construí. Acho que naquela época esse medo era muito forte dentro de mim. E quando eu me assumi a recepção foi incrível. Eu só me assumi quando eu senti que eu tava pronta", conta, em entrevista ao NaTelinha.

"Quando eu quis, da maneira que eu quis. Eu não queria que fosse algo grande, tipo 'uau'. Eu queria que fosse um post de Instagram mesmo, com várias piadas e memes. A grande diferença foi essa, de falar 'talvez eu perca alguma coisa ou outra, mas o que eu tava perdendo de saúde mental era muito maior'. Então valia muito a pena me assumir e ver como seria ser eu mesma", completa, destacando que a recepção de seu público foi ótima e fez toda a diferença.

Bel diz que se emociona pensando que pode ajudar quem está aprendendo a lidar com essas questões. "Saber que eu sou uma referência pra outras meninas que estão se descobrindo... Não uma referência, mas alguém que ela sabe que também é, que tá vivendo, tendo experiências boas, sendo feliz", diz.

"Acho que isso é uma coisa que também pesou muito pra eu me assumir. Pensar 'o que significaria pra quem precisa dessa representatividade, como eu precisei?'. E, nossa, como eu precisei."

A personagem da atriz em Poliana Moça também amadureceu de uma novela pra outra e Bel comemora o fato de elas estarem em uma faixa etária mais parecida. "É uma fase que eu me identifico muito. De faculdade, ficar independente, maturidade, essa vontade de crescer e ser o que ela quer. Antes a Raquel tava com 15 anos e eu tava com 18. Eu acho que a diferença nessa fase é maior. Agora não, 22 pra 19 é mais próximo", observa, dizendo ainda como lidou com os adiamentos que a novela teve por conta da Covid-19.

"A pandemia foi horrorosa, mas foi um tempo muito bom pra fazer outros trabalhos, aprender outras coisas e poder voltar aqui e pôr isso em prática. E voltar a fazer a mesma personagem é muito bom, ainda mais a Raquel. Eu amo a Raquel. É uma personagem que eu amo desde que conheci", vibra.

Bel Moreira aponta diferenças entre ela e Raquel, sua personagem em Poliana Moça

Bel Moreira fala sobre Poliana Moça e bissexualidade: \"Me assumi quando tava pronta\"
Bel Moreira em cena de Poliana Moça - Reprodução/SBT

Bel Moreira diz que é muito diferente de Raquel, sua personagem em Poliana Moça, mas consegue achar um ponto comum entre as duas. "Ela tem uma energia mais pra baixo, mais pé no chão. Eu sou mais espoleta, mas uma coisa que temos em comum é que a arte pra gente é uma coisa muito importante. Assim como ela, eu tento ser o que eu sou, independentemente do que os outros vão pensar. Acho que ela tem mais facilidade com isso do que eu, inclusive. Acho que a gente tem isso em comum, de saber o que é certo pra gente", pontua.

A atriz conta que pensa muito em como a questão do abandono afeta a menina, que já lidou com idas e vindas da mãe e a partida de pessoas próximas, como Mirela (Larissa Manoela). "É muito mais um trabalho meu, técnico, como atriz, do que uma coisa que apareça na trama da Raquel. Mas acho que é algo importante pra se explorar, porque é a partir disso que a gente se forma. Isso dela ficar um pouquinho mais fechada, de ter alguém novo, que quer conversar com ela, quer ficar com ela e ela fala 'não' repetidamente. Acho que tem muito a ver com isso, de se fechar com medo de que depois a pessoa vá embora", argumenta.

Vendo sua personagem lidar com os dilemas da adolescência, Bel assume que essa fase foi diferente pra ela. "Foi muito maluca, no sentido de que eu era uma adolescente, mas eu já trabalhava. Não fui uma adolescente que saiu muito, que teve muitas amizades, eu era mais na minha... Eu me sentia meio Hannah Montana na adolescência, sabe? Mas foi um período que envolve muitas lembranças gostosas. Ter vivido essa vida diferente foi muito especial, muito engraçado, trouxe muitas coisas positivas", ressalta, acrescentando que no tempo livre gosta de conhecer restaurantes, assistir peças de teatro e visitar exposições.

Sobre o futuro, Bel diz que tem alguns sonhos, mas de um deles ela não abre mão. "Quero muito conseguir construir uma carreira como cantora. Eu comecei cantando, no teatro musical, e a música é muito presente na minha vida. Cantar é algo que eu quero muito fazer, muito mesmo. Entre outras coisas, mas as outras coisas, se não derem certo, tudo bem. Mas cantar, trabalhar com música é algo que eu preciso fazer", finaliza.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos