Reportar
erro
Homenagens

Veja como foi o primeiro show do Calcinha Preta sem Paulinha Abelha

A banda de forró voltou aos palcos na última sexta-feira (11)


Vocalistas do Calcinha Preta assistindo homenagem para Paulinha Abelha no telão do show
Vocalistas do Calcinha Preta assistindo homenagem para Paulinha Abelha no telão do show - Reprodução/Instagram
Por Redação NT

Publicado em 13/03/2022 às 17:41:09,
atualizado em 13/03/2022 às 17:43:55

Esse fim de semana marcou o retorno do Calcinha Preta aos shows, após um período em que os compromissos da banda foram adiados por conta da morte de Paulinha Abelha (1978-2022). Na noite da última sexta-feira (11), o grupo de forró esteve na cidade de Mata Roma, no Maranhão, e a apresentação foi marcada por muitas homenagens à cantora. Silvânia Aquino, uma das vocalistas, estava vestindo uma blusa com o nome da amiga e a frase que virou sua marca: "Como não amar?".

O show já começou com uma série de fotos de Paulinha no telão, embaladas por algumas músicas que ficaram consagradas na voz da morena. Enquanto o público ia ao delírio vendo as lembranças que a artista deixou, os três cantores assistiam emocionados à apresentação, que terminou com uma imagem em tamanho real da vocalista no palco e um trecho de Sonho Lindo, uma das canções mais famosas dela em sua trajetória no grupo. "Vem me amar, que esse amor não vai ter fim", eram as frases marcadas no telão.

Daniel Diau abriu o show com a música Paulinha e depois cedeu espaço para que os colegas cumprimentassem o público. "É difícil demais, né, gente? Obrigada pelo carinho de vocês. Estamos todos ainda sem entender, mas eu tenho certeza que ela tá feliz onde tá e queria que a gente continuasse essa família que é a Calcinha Preta, a família dela. Muito obrigada a todos os nossos fãs. O Brasil inteiro, muito obrigada a todos vocês. Cada mensagem foi muito importante pra que a gente estivesse aqui hoje", começou Silvânia.

Bell Oliver também ressaltou o quão importante foi o apoio do público nesse momento. "Nos faltam palavras nesse momento. Primeiro show do nosso retorno. Mas eu quero agradecer a todos vocês. Hoje caiu um verdadeiro dilúvio e São Pedro entendeu que o momento era muito importante e cessou a chuva para que a gente pudesse fazer essa homenagem à nossa musa", disse.

"Vamos cantar, vamos celebrar", pediu Daniel Diau, antes de puxar A Calcinha Preta É Nossa. Confira a homenagem para Paulinha Abelha e alguns momentos do show:

Calcinha Preta troca ônibus e faz homenagem a Paulinha Abelha

Veja como foi o primeiro show do Calcinha Preta sem Paulinha Abelha

A banda Calcinha Preta reformou a identidade visual do ônibus do conjunto musical. Saiu os tons vermelhos e a imagem dos integrantes e entrou o logo da banda junto com uma frase que virou bordão de Paulinha Abelha (1978-2022), na quando esteve à frente do conjunto: "Como não amar".

O ônibus com a nova plotagem foi utilizado para conduzir os membros da banda até Mata Roma (MA), e, depois, para Palmares (PE), cidades onde o conjunto se apresentou pela primeira vez após o falecimento de Paulinha, a vocalista da banda.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos