Reportar erro
B não é de Beyoncé

Camila Pitanga relata preconceito por ser bissexual: "Não podemos recuar"

Atriz assumiu relacionamento com Patrick Pessoa após namoro com Beatriz Coelho

Camila Pitanga posa com o cabelo cobrindo parte do rosto, de blusa branca
"Agora, mais do que nunca, fomos convocados a não abrir mão da liberdade", disse Camila Pitanga - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 20/11/2021 às 14:15:00

Camila Pitanga está namorando o professor de Filosofia Patrick Pessoa. O anúncio do relacionamento, com uma foto postada pela atriz em rede social no início de outubro, rendeu a ela alguns comentários preconceituosos. Em entrevista divulgada neste sábado (20), a artista de 44 anos falou sobre a discriminação por ser bissexual.

"Agora, mais do que nunca, fomos convocados a não abrir mão da liberdade, seja a minha, a de quem me cerca, seja a de quem pensa diferente de mim. Quando pessoas acham que têm autoridade para serem preconceituosas, sem pudor, a gente não pode recuar. Não dá para abrir espaço para o obscurantismo e o julgamento dos outros”, disse Camila Pitanga em entrevista à revista Claudia.

Patrick Pessoa foi o primeiro namorado assumido pela famosa desde que terminou o relacionamento com a artesã Beatriz Coelho. Na ocasião, ela ironizou as críticas dizendo que “o B da sigla LGBTQIA+ não é de Beyoncé”. Antes, ela teve relacionamentos com outros homens; inclusive o casamento de 10 anos com o diretor de arte Cláudio Amaral Peixoto, pai de sua filha, Antônia.

“Nada como ter a idade que tenho para entender que a minha vida ou quem eu amo não tem a ver com o outro. Não se trata de um panfleto ou lição de moral para ninguém. É só o meu modo de viver, de amar e existir. Se respeitarmos um ao outro, teremos uma vida mais interessante, mais plural.”

Camila Pitanga

Camila Pitanga fala sobre saída da Globo: "Tenho bagagem"

Na última quarta-feira (17), Camila Pitanga falou publicamente sobre sua ida para a HBO Max em seu perfil no Instagram. A atriz começou o texto expondo a animação com que encara a nova fase da carreira. "O que seria da arte sem a reinvenção? O que seria de mim se não pudesse me desafiar? Acho que estas são apenas algumas das características que, após tantos anos de carreira, fazem com que eu me sinta cada vez mais entusiasmada com o meu ofício", escreveu a atriz, que postou uma foto com a logo da empresa.

Sem contrato com a Globo depois de quase 30 anos, Camila chegou a um acordo com a HBO Max. No streaming, além de atuar em novas produções, ela também será produtora executiva de projetos. Atualmente, ela dá expediente no Viva com a reprise de Paraíso Tropical (2007), em que deu vida à prostituta Bebel, seu papel mais marcante na TV.

Em nota à imprensa, Pitanga agradeceu pela sua carreira na rede carioca. "Eu cresci na Globo e minha história com a emissora é indissociável. Saio grata porque graças a Globo fui reconhecida pelo público. E saio feliz por ter recebido tanto acolhimento de todos os profissionais e amigos que colecionei ao longo da minha vida”, disse.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos