Boa-nova

Camila Pitanga anuncia que está curada da malária e agradece ao SUS

Atriz e a filha Antonia, de 12 anos, foram diagnosticadas com a doença no início de agosto

 Camila Pitanga anuncia que está curada da malária e agradece ao SUS
"Estamos curadas", anunciou Camila Pitanga em rede social - Foto: Reprodução/Instagram

Redação NT

Publicado em 22/08/2020 às 14:40:00

Camila Pitanga e sua filha Antonia, de 12 anos, estão curadas da malária. A atriz anunciou neste sábado (22) que ela e a menina receberam alta. Em seu perfil em rede social, ela aproveitou para agradecer ao SUS (Sistema Único de Saúde) e aos profissionais envolvidos em seu tratamento.

continua depois da publicidade

"Estamos curadas! Ontem fizemos a verificação de cura e estamos muito felizes com o novo resultado! Claro que vamos precisar fazer alguns exames periódicos, porque é pouco provável, mas acontece da malária voltar", anunciou Camila Pitanga na legenda de foto publicada em seu perfil no Instagram.

No registro, a famosa clicou a equipe médica responsável pelo tratamento de mãe e filha. "Fiz essa foto entre médicas e agentes de saúde, uma equipe grandiosa em número e capacidades. Meu agradecimento à rede SUS e esse centro de excelência que é o departamento do laboratório da Sucen [Superintendência de Controle de Endemias]", acrescentou.

continua depois da publicidade

Na publicação, Camila elencou o nome de toda a equipe do centro de saúde que a ajudou durante o tratamento. Nos comentários, ela recebeu o carinho de amigos e fãs. "Viva!", escreveram as atrizes Maria Ribeiro e Virginia Cavendish. "Viva o SUS", concordou uma seguidora.

Confira a publicação de Camila Pitanga:

Diagnosticadas com malária, Camila Pitanga e Antonia cumpriam isolamento em zona de Mata Atlântica em SP

A atriz - que estava no ar até o mês passado, integrando o elenco da série Aruanas, exibida pela Globo - anunciou que estava com malária, assim como a filha, no início de agosto. Também no Instagram, ela relatou "10 dias de muito sufoco", com picos de febre alta, calafrios e incerteza sobre o diagnóstico.

continua depois da publicidade

"Havia a sombra da possibilidade de estar com Covid-19, mas recebi o resultado negativo do meu PCR. No lugar de me aliviar, permanecia a agonia, pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter", classificou Camila, no início do mês. O alerta da malária foi dado por uma amiga que associou a doença ao fato de a família estar isolada em uma zona de Mata Atlântica no litoral de São Paulo.

Em 12 de agosto, ela fez uma postagem esclarecedora sobre a doença. Confira:

continua depois da publicidade