Reportar erro
Novos tempos

Empresário de Britney Spears se demite e afirma o que todos já esperavam

Princesa do Pop agora não está mais sob tutela

Britney Spears posando pra câmera
Britney Spears e os palcos: cantora pode ter se aposentado - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/10/2021 às 09:34:35

Britney Spears não deve mesmo voltar aos palcos. O ex-empresário da cantora, Larry Rudolph, se demitiu há cerca de três meses e citou o desejo dela de se "aposentar oficialmente". "Já se passaram mais de dois anos e meio desde que Britney e eu nos comunicamos pela última vez, momento em que ela me informou que queria fazer um hiato de trabalho por tempo indeterminado", afirmou ele, que trabalhou com a estrela por mais de 25 anos.

A informação já havia sido ventilada pelo site no último sábado (2). Britney não estaria com planos de se apresentar agora e essa tem sido sua mentalidade em meio aos que vive. A Princesa do Pop estaria, ainda, gostando de seu noivado e curtido esse momento. Sem Jamie Spears para lhe dar ordens, trabalhar ou se apresentar não estão em sua lista de prioridades, embora os fãs queiram vê-la em shows.

Esse dia, no entanto, pode nunca mais chegar. Fontes do TMZ disseram que pessoas que fizeram turnê com Britney no passado sentem que ela realmente pode não querer mais isso para a vida. A Princesa do Pop teve uma residência em Las Vegas por ano e alegou no tribunal que era forçada a se apresentar e nunca quis fazer a sua turnê na Europa em 2018.

Britney também havia deixado claro que nunca subiria novamente aos palcos enquanto Jamie estivesse envolvido com sua tutela. Há quem diga, ainda, que somente a ideia dela voltar a fazer shows pode ser extremamente atormentadora.

O fim da tutela de Britney Spears

Britney Spears está oficialmente livre da tutela do seu pai a partir desde a última quinta-feira (30). Jamie foi suspenso da posição de tutor, conforme ele havia desistido no início do mês, mas uma nova audiência estava marcada para acontecer somente em janeiro de 2022.

A Princesa do Pop, no entanto, pediu à Justiça dos Estados Unidos para que andasse rápido com o fim de sua tutela, e foi atendida prontamente por Brenda Penny. O contador John Zabel substituiu imediatamente Jamie.

Uma das razões que a cantora alegou para acelerar o fim da tutela é que ela não poderia assinar um acordo pré-nupcial com seu noivo, o modelo e atleta iraniano Sam Asghari. "Britney merece acordar de manhã sem ter o pai como tutor", disparou o advogado dela Matthew Rosengart em audiência na quarta-feira (29).



Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos