Reportar erro
Na Justiça

Wesley Safadão, Thyane e mais cinco são indiciados por peculato após vacinação irregular

Cantor agora poderá ser condenado na Justiça

Wesley Safadão e Thyane posam para foto
Wesley Safadão e a esposa agora terão de se explicar à justiça - Foto: Reprodução/Instagram
Daniel César

Publicado em 29/09/2021 às 19:00:09

O cantor Wesley Safadão foi indiciado por peculato, após o episódio da vacinação irregular que ele e a esposa protagonizaram. Thyane Dantas e outras cinco pessoas também fazem parte do processo na Delegacia de Combate à Corrupção, de Fortaleza. Eles continuam sendo investigados e correm o risco de serem condenados pelo caso.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os envolvidos também serão indiciados "por infração a determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, cujas penas somadas podem chegar a treze anos de prisão". O casal se vacinou de forma irregular contra a Covid-19 por ter comparecido ao local e à data errada na capital Ceará.

A assessora do cantor, Sabrina Tavares Brandão foi indiciada por infração de medida sanitária e também terá de responder no inquérito. A polícia acabou indiciando oito pessoas no total e a investigação durou dois meses e foi finalizada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (29). A partir de agora, caberá à justiça decidir se os envolvidos são culpados ou inocentes.

Wesley Safadão e esposa

Segundo a própria Secretaria de Saúde, na data somente estavam autorizadas se vacinar com doses de imunizantes contra a Covid-19 grávidas e puérperas e pessoas com 32 anos ou mais. Nenhum dos casos se encaixa Thyane, já que a esposa de Safadão tem 30 anos e não poderia ter sido agendada, seguindo o critério estabelecido pela pasta responsável.

A assessoria do cantor alegou que a mulher foi vacinada com doses da sangria, a popular xepa, que é a sobra de vacinas ao longo do dia, sendo aplicadas para qualquer público que estiver presente. Mas este método não está institucionalizado na cidade de Fortaleza e a justificativa da assessoria foi questionada pela Prefeitura, que informou não existir possibilidade de vacinação em xepa às 11h da manhã, horário em que o casal foi imunizado.



Mais Notícias
Outros Famosos