Reportar erro
Saudades

Cacau Protásio se emociona em primeira gravação sem Paulo Gustavo

Atriz contou detalhes dos bastidores do Vai Que Cola

Cacau Protásio e Paulo Gustavo
Cacau Protásio e Paulo Gustavo - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 21/09/2021 às 17:06:42,
atualizado em 21/09/2021 às 17:17:31

Na última segunda-feira (20), Cacau Protásio compartilhou um registro das primeiras gravações do Vai Que Cola, no Multishow, sem Paulo Gustavo (1978-2021). Por meio de um texto emocionante, a atriz deu detalhes do momento.

"Hoje foi um dia diferente de gravação, foi um dia em que Paulo Gustavo não estava lá entre nós de corpo presente, o que estava com a gente era sua alma linda iluminando a gente, seu espírito abraçando a gente nessa linda homenagem, rimos, choramos, nós abraçamos para secar as lágrimas um dos outros!", começou na legenda, ilustrada com uma foto onde Paulo aparece no centro.

Por fim, ainda agradeceu a presença dos demais amigos, nesse momento difícil. "Como disse Samantha Schmutz, o que temos de mais precioso somos uns aos outros. Obrigada meus amigos e parceiros por esse dia tão saudosos e muito emocionante. Obrigada, Ju Amaral por estar aqui com a gente! Obrigada Catarina Abdlla, Samantha Schmutz, Marcus Majella, Marcelo Medici, Luiz Lobianco. PS: desculpa os erros, estou com muitas lágrimas nos olhos", escreveu.

Nos comentários, internautas deixaram mensagens também demonstrando saudades. "É tão estranho sem ele", escreveu um. "Que saudade dele, eu te amo para sempre Paulo Gustavo. Para sempre", escreveu outro. "Imagina vocês que eram próximos ,amigos, irmãos, que todos fiquem bem", desejou mais um.

Cacau Protásio se emociona em primeira gravação sem Paulo Gustavo

Cacau Protásio se emociona em primeira gravação sem Paulo Gustavo

Mônica Martelli desavafa sobre filmes que fez com Paulo Gustavo

A famosa revelou, em entrevista ao É de Casa no último sábado (18), na Globo, que não assiste mais aos filmes em que contracenou com o amigo. Isso inclui os títulos Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou (2014) e Minha Vida em Marte (2018). Ohumorista morreu em maio, vítima da Covid-19.

“Minha vida hoje é uma vida antes e depois, porque você tem que inventar uma vida sem aquela figura que era tão presente na sua vida. Uma pessoa como PG, com a personalidade que ele tinha, e o tamanho que ele ocupava na minha vida, a gente tinha muitos projetos juntos”, contou.



NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias
Outros Famosos