Reportar erro
Briga

Defesa de Nego do Borel rebate Duda Reis: "Questão de tempo para provar inocência"

Advogados do cantor divulgaram uma nota o defendendo

Nego do Borel e Duda Reis lado a lado
Nego do Borel e Duda Reis estão travando uma batalha na Justiça - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 18/09/2021 às 11:45:00

Duda Reis escreveu um texto afirmando que Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica contra ela, mas os advogados do funkeiro desmentiram a modelo. A defesa do cantor divulgou um comunicado declarando que o artista vai responder “por lesão corporal devido a perturbações psíquicas” e não por agressão física.

“A equipe jurídica do cantor Nego do Borel vem esclarecer, diante dos recentes fatos que estão sendo postados sobre o indiciamento do cantor, que ele foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas, segundo a autoridade policial, e não por agressão física, como a primeira vista parece”, declarou.

“O cantor foi acusado de diversos crimes por sua ex-companheira e após as investigações preliminares, a Delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno por nenhum outro crime (devemos lembrar que sua ex-companheira acusou o Leno de estupro, de ameaças, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, dentre outras coisas, e tudo isso careceu de qualquer indício probatório)”, continuou.

E prosseguiu: “Com relação ao indiciamento pela lesão corporal cumpre dizer que o fato é extremamente subjetivo, já que considerou perturbações psicológicas, e é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência, pois carece de comprovação fática a qual não se sustentará no processo penal, onde estarão presentes os princípios da ampla defesa e do contraditório”.

Duda Reis x Nego do Borel

imagem-texto

Na sexta (17), Duda postou um longo texto falando sobre o imbróglio envolvendo ela e Nego do Borel. “Hoje Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica contra mim. Acho que vocês precisam saber, principalmente quem duvida da palavra da mulher e sempre a coloca em questão”, declarou.

“Eu gostaria de pedir encarecidamente um favor para alguns jornalistas. Vocês poderiam, por favor, não colocar foto minha com o meu agressor de quando estávamos juntos? Isso não me faz bem! Eu passo mal, me gatilha. Esses veículos só revivem o momento mais difícil da minha vida”, acrescentou.

“E outra, eu tenho nome. Minha profissão não é ser ex de alguém. Infelizmente eu vivi e expus um caso muito grave de violência doméstica que vocês não têm noção de 1/3. Então não me vinculem com o meu agressor, é um desserviço e me faz mal. Trabalho muito”, concluiu.



Mais Notícias
Outros Famosos