Reportar erro
Entrevista

Viúva de Mr. Catra desabafa sobre traições: "Perdoei 27 vezes"

Silvia foi a primeira esposa do funkeiro

Silvia e Mr. Catra
Silvia e Mr. Catra - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 29/07/2021 às 15:27:38,
atualizado em 29/07/2021 às 15:44:47

Silvia Catra, que foi casada com Mr. Catra (1968-2018) durante 23 anos, desabafou sobre as traições do então marido, revelando que somaram 27. A empresária afirmou que o assunto sempre é alvo de curiosidade das pessoas, em vista que o funkeiro nunca escondeu que se relacionava com várias mulheres.

"As pessoas sempre me fazem essa pergunta de como eu suportei tudo. Eu amei o Wagner demais e eu tinha nele uma figura de paizão. Eu não tive pai. Eu amava o meu pai, mas ele não me criou e não teve aquela convivência. Quando nova eu achava que a presença de um pai na família era muito importante e o Wagner foi aquele amor platônico e eu achava que eu tinha que passar por aquilo. Deus não te dá o fardo que você não possa carregar. Muitas das vezes, eu me questionei: 'Ah Silvia, você é forte. Forte o que? Eu não consigo largar desse homem'. Hoje, eu entendo. Agradeço algumas coisas e outras não. Eu não tinha muito entendimento das coisas e hoje, eu estou estudando o feminismo, tenho consciência sobre relacionamentos abusivos e isso eu não tinha. Achava que tinha que viver todo mundo junto e também eu gostava dele. Mas, hoje, não viveria e passaria novamente", garantiu, durante entrevista ao Barbacast.

A viúva teve cinco dos 32 filhos do cantor, e opinou que toda mulher já perdoou pelo menos uma vez o companheiro por conta de uma pulada de cerca. "As pessoas falam 'nossa como você suportou?' e eu não achava tão nossa. Se você for olhar ao redor acontece nas melhores e piores famílias. È muita hipocrisia dizer que eu fui corna e não perdoei. Toda mulher foi corna uma vez e quando ama você perdoa. A pessoa é que é abusada e abusa do perdão. Eu perdoei 27 vezes", disparou.

Val Marchiori terá que indenizar herdeiros de Mr. Catra

Após perder um recurso, a socialite terá de indenizar os herdeiros de Mr. Catra. O funkeiro, que morreu em 2018 em decorrência de um câncer no estômago, abriu o processo após declarações dadas por ela durante participação no Superpop, em 2015.

No tradicional programa da RedeTV!, Val chamou o cantor de "babaca", "mau-caráter", "sem-vergonha" e "safado". Ela afirmou que ele pegava meninas "pobrinhas", "sem condição alguma" para "fazer filho nelas".



Mais Notícias
Outros Famosos