Reportar erro
Novo capítulo

Pamella rebate áudios vazados em brigas com DJ Ivis: "Querem me pintar de louca"

DJ Ivis está preso; Pamella comenta áudios vazados

DJ Ivis e Pamella Holanda
Novo capítulo da história entre DJ Ivis e Pamella Holanda - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 23/07/2021 às 11:44:21,
atualizado em 23/07/2021 às 12:09:49

Pamella Gomes de Hollanda rebateu os áudios vazados de brigas que teve com DJ Ivis. Nas conversas, ela ameaça cometer suicídio junto com a filha Mel. "Eles querem me descredibilizar, querem apelar pra isso, apelar para a opinião público, querem me pintar de louca, de desequilibrada", lamentou ela em vídeo publicado nesta sexta-feira (23) no Instagram.

"Não tem como ser algo vazado, se são gravações feitas do aparelho de telefone pessoal dele, e que deve estar em poder algum deles. Ele não iria confiar o telefone dele a qualquer pessoa. Eu sempre soube, por isso consigo vir aqui com tranquilidade. Não que eu esteja preparada, mas eu tinha noção do que poderia ser usado contra mim", acrescentou.

Para Pamella, a estratégia de DJ Ivis ficou clara de fazer com que Mel, sua filha, não fique mais sob seus cuidados. "É tentar fazer com que as pessoas me crucifiquem, é duvidar, me julgar, e eu tenho que ficar vendo e lendo todos os maiores absurdos que já li em toda a minha vida calada, porque até o que eu falo aqui pode ser usado contra mim", disse.

A influenciadora esclareceu que teve depressão pós-parto depois do nascimento da filha. Antes dos áudios vazarem, afirmou também que foi procurada por um dos advogados de Iverson, nome do ex-marido. Uma carta com um pedido de desculpas também lhe foi mostrado, mas ela não acreditou.

O caso DJ Ivis

A ex-esposa de DJ Ivis fez um boletim de ocorrência no dia 3 de julho. No dia seguinte, o Ministério Público chegou a solicitar uma medida protetiva para a mulher e a filha. O músico rebateu e afirmou ter recebido chantagens. A agressão aconteceu, segundo ele, por "medo do comportamento desequilibrado da esposa".

"Não estou aqui para justificar nada. Estou aqui para mostrar que não aguento mais isso. Muitas pessoas vão me julgar, mas eu não suportava mais isso, eu recebi chantagens, ameaça de morte com a minha filha. Ninguém sabe o que é isso que eu passei" rebateu, na ocasião.

Ivis tinha mais de 40 lançamentos programados até o final de 2021, entre participações em faixas de outros artistas e músicas próprias. Todas foram suspensas pela Sony Music, que contratou o artista em abril. Zé Felipe e Latino, que tinham parceria com o DJ, pularam fora rapidamente após o escândalo.



Mais Notícias
Outros Famosos