Reportar erro
Tentativa

Ex-esposa de Victor Chaves diz sobre amizade com o cantor: "Em prol das crianças"

Mãe dos filhos do artista contou que não pretende reatar o casamento

 Ex-esposa de Victor Chaves diz sobre amizade com o cantor: "Em prol das crianças"
Victor Chaves se separou da ex-esposa em 2017 - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 15/01/2021 às 18:40:00

Poliana Bagatini, ex-esposa de Victor Chaves, revelou que está tentando ter uma relação de amizade com o ex-marido. Ela explicou que a busca por manter a paz com o antigo companheiro é por causa dos filhos, Maria Vitória e João Luiz. A mulher acusou o cantor de agressão há quase quatro anos.

“Seguimos tentando uma amizade em prol das crianças”, afirmou ela para a colunista Fabia Oliveira, do jornal O Dia. Contudo, deixou claro que não tem interesse em reatar o casamento. “Não voltei com o Victor e nem pretendo”, acrescentou.

Poliana deu um ponto final no seu casamento em 2017 e ela decidiu começar a viver de forma reclusa. Segundo informações do Balanço Geral no ano passado, ela estaria morando com os pais numa cidade do interior de São Paulo. O nome do local foi resguardado pela atração da Record.

Assim que o caso começou a ganhar visibilidade, Poliana também desapareceu das redes sociais, deletando as suas contas. O último registro onde ela aparece foi feito durante o aniversário de dois anos do filho João Luiz. Era dele que estava grávida quando passou pela situação que foi registrada pela câmera do elevador.

No ano passado, Victor Chaves foi condenado em primeira instância pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) por ter agredido a ex-mulher Ele recebeu a pena de 18 dias de prisão em regime aberto, decisão da qual ainda irá recorrer. Além disso, ele terá de pagar uma indenização de R$ 20 mil.

Victor Chaves após a acusação

Depois de ser acusado de ter agredido sua ex-esposa, Victor Chaves viu o fim da sua dupla com Leo terminar. Ele também relatou, em entrevista para a jornalista Eliana Trindade, da Folha de S. Paulo, confessou que pensou em tirar a própria vida.

“Seis dias depois do episódio quase tirei minha vida. O que me salvou foi a arte. Durante uns sete meses, tomava banho de três em três dias”, declarou. “Utilizaram os fatos com leituras sensacionalistas. Se não fosse para a mídia e não chegasse aos rigores que chegaram, teria sido um dia de caos que resultaria em separação. Como se trata da mãe dos meus filhos, só posso falar que houve descontrole emocional grande”, completou.

Mais Notícias