Reportar erro
Barraco

Carlinhos Maia é cancelado por famosos após festa e parte para o ataque

O NaTelinha fez um resumo de toda a confusão

Carlinhos Maia é cancelado por famosos após festa e parte para o ataque
Carlinhos Maia e Felipe Neto discutiram na web - Foto: Montagem

Redação NT

Publicado em 26/12/2020 às 10:45:00

A festa de Natal promovida por Carlinhos Maia no dia 19 de dezembro “viralizou” na última sexta-feira (26) após receber críticas de Felipe Neto. O influencer se irritou com os posicionamentos do youtuber, Rafinha Bastos e Felipe Castanhari e chamou Luccas Neto de hipócrita após descobrir que ele promoveu um evento com quatro mil pessoas. O humorista ainda negou que mais de 40 funcionários do seu evento tenha se contaminado com o novo coronavírus.

Toda confusão teve início quando o jornalista Erlan Bastos noticiou que 47 profissionais que trabalharam na festa de Carlinhos foram diagnosticados com a Covid-19. Felipe Neto compartilhou a informação e escreveu um texto aos seus seguidores, detonando Maia.

“Aí você pensa: 'pelo menos o povo vai perceber o que é esse sujeito e vai parar de acompanhar'. Essa foi a quantidade de seguidores que essa pessoa ganhou depois que deu a festa. Detalhe para os 80 mil novos seguidores exatamente no dia da festa. Não há o que fazer, o povo não tá nem aí”, disparou.

Pelo Instagram, Carlinhos negou as acusações e disse que recebeu muitos agradecimentos por parte da organizadora do evento, Ana Souza. "Não foi isso que recebi de feedback dos fornecedores e seus colaboradores que trabalharam. Recebi vídeos agradecendo e, principalmente, mostrando a feira, os presentes e tudo o que puderam comprar [com o dinheiro recebido da festa] e festejar com seus familiares”, defendeu-se o comediante.

Em seguida, o influencer foi rebater o posicionamento de Felipe Neto. O comediante ironizou a postura do seu algoz e ainda o chamou de hipócrita ao revelar que Luccas Neto, que fez um evento com quatro mil espectadores. “Demônio é seu c.., uma peste dessa que passou a vida toda falando mal de todo mundo. Errado pra c... também, vive julgando os outros! Sai do meu pé chulé”, disse Maia.

“Parabéns a todos os envolvidos. Agora multiplica esse número, pensando em quantas pessoas devem ter sido infectadas pelas pessoas que pegaram na festa. Será que a consciência pesa? Eu duvido”, retrucou Felipe.

“Se for provado que a notícia das 47 pessoas infectadas na festa do demonho é fake, eu virei aqui me retratar. Isso não tirará a irresponsabilidade e desumanidade do cidadão, que é corriqueira e todo mundo sabe. Detalhe: ele me chamou de ‘ela’ e ‘bee’, será que ele pensa que isso ofende?”, acrescentou.

Rafinha Bastos e Castanhari x Carlinhos Maia

Carlinhos Maia também enfrentou críticas de Rafinha Bastos e Felipe Castanhari, que se mostraram contrários a festa de Natal do influencer. “Esse Carlinhos Maia tem que acabar”, disse o ex-CQC. “O mundo é um pouco pior com o Carlinhos Maia”, afirmou o youtuber.

O comediante não ficou quieto e respondeu os dois desafetos. “Espere sentado, fedorento”, respondeu para Bastos. “Lá vem o Frank Sten Jr”, disparou contra Felipe Castanhari.

Danilo Gentili também apareceu no meio da confusão e chamou de hipócrita quem estava criticando Carlinhos, já que muitos se calaram sobre as aglomerações feitas nas eleições por candidatos de esquerda. “Metade desses influenciadores que tão crucificando o Carlinhos Maia por fazer festa de Natal ficaram bem caladinhos enquanto rolava essas aglomerações aqui: Turma do lacre é tudo PNC”, comentou o apresentador do The Noite.

Luccas Neto se defende

Luccas Neto não criticou Carlinhos Maia, mas se defendeu após ter seu nome envolvido na confusão. O irmão de Felipe Neto foi acusado de ter promovido um evento para quatro mil pessoas e explicou que o espaço seguiu todos os protocolos contra a Covid-19.

“E assim foi meu show... Os protocolos foram criados por especialistas para manter a segurança de todos. Se quiser saber a lista de protocolos é só pesquisar. Máscara é obrigatório, mas não apenas isso, um projeto chega a ter um orçamento triplicado por conta dos protocolos. A coisa é séria, os protocolos não são de brincadeira. Segurem a onda. Eu não critiquei ninguém na pandemia. É uma fase difícil pra todo mundo e acho que primeiro temos que entender o lado do outro. Zero polêmica, desculpa não atender a expectativa de quem quer treta”, escreveu Luccas nos stories do seu Instagram.

Já Felipe afirmou que não sabia do evento pelo irmão e se mostrou contrário. “‘Ah mas o Luccas Neto fez espetáculo dia 20’. Eu não sou o meu irmão. Fiquei sabendo agora e tô falando com ele. Mas uma diferença: o público foi impedido de se aglomerar, máscara foi obrigatória e distanciamento de 3 metros. NENHUM caso de contaminação. Mesmo assim, sou contra”, disse o youtuber.

“Tô conversando muito sério com meu irmão, mas mesmo assim as coisas são incomparáveis. O espetáculo foi feito com todas as exigências sanitárias e protocolos extremamente rígidos. Não foi uma festa com todo mundo sem máscara se esfregando. Querer comparar é mau caratismo. E quem criticou o 'demonho' fui eu. Felipe Neto, 32 anos, praticamente sem pisar na rua desde março, responsável por absolutamente ZERO contaminações”, completou.

Thomaz Costa x Felipe Neto

Thomaz Costa participou da festa de Carlinhos Maia e saiu em defesa do humorista. Ele criticou Felipe Neto e pediu para que as pessoas não ficassem detonando o influencer pelas redes sociais. “A festa... Tá errado? Tá errado. Mas já aconteceu, não adianta gente chata ficar falando. Não vai mudar os fatos, já entendeu, o Carlinhos Maia já tá vivendo a vida dele. O cara [Felipe Neto] é chato”, comentou o ator.

Felipe Neto declarou que não iria rebater Thomaz, porque o jovem era uma subcelebridade. Costa não gostou nem um pouco e compartilhou seus trabalhos na TV e no cinema para provar que era conhecido pelo público.

Ex-ministro da Saúde x Carlinhos Maia

A confusão ganhou proporções tão grandes, que até o ex-ministro da Saúde e atual Deputado Federal, Alexandre Padilha, se posicionou sobre o caso. Ele disse que o influencer poderia responder por atentado contra a saúde pública.

“Confirmada a relação entre fonte de infecção e evento. É uma irresponsabilidade sem tamanho. E dependendo de quais eram as regras sanitárias locais estabelecidas, pode sim ser classificado como um crime sanitário”, publicou o político em seu perfil do Twitter.

Contaminados

Apesar de ter negado que mais de 40 funcionários foram contaminados, duas famosas que estavam na festa já contaram que estão com Covid-19. Uma é Mileide Mihaile, que contou que já entrou em isolamento. "Estou super assistida, bem cuidada, mas isolada. Infelizmente, neste Natal, vou sentir o amor de longe e pela varanda. Estamos todos bem, não se preocupem", declarou.

A cantora Laís Araújo, que se apresentou no Natal promovido por Maia, também foi diagnosticada com o coronavírus. "Laís testou positivo para Covid-19, estando impossibilitada de fazer shows por enquanto. Ressaltando que Laís está bem, sendo medicada e se encontra em casa, de repouso", diz um trecho do comunicado da assessoria de imprensa da artista.



Mais Notícias