Reportar erro
Conflito

Milene Pavorô diz que brigou com Valentina Francavilla: "Me bloqueou"

Ela explicou que as duas fizeram as pazes e hoje são grandes amigas

Milene Pavorô e Valentina juntas
Milene Pavorô ao lado de Valentina - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 07/12/2020 às 20:00:00

Milene Pavorô admitiu que teve atritos com Valentina Francavilla no passado por conta de “fofocas” nos bastidores do Programa do Ratinho. Em entrevista para o canal Intervenção, do repórter Roger Turchetti, realizada em parceria com o NaTelinha, a comediante relembrou como foi o início da sua relação com sua colega de emissora. Ela também contou como lidou ao ser chamada na delegacia para depor sobre uma suposta agressão do apresentador Carlos Massa.

“No começo, a gente escutava muita gente falando: ‘A Valentina falou isso de você’. E falavam pra ela que eu falava também coisa dela. A gente ia acreditando nas coisas e cada uma ficava se estranhando. Só cumprimentava e continuava trabalhando uma com a outra”, explicou a artista.

O clima era pesado e elas ficaram um bom período sem conversar. Inclusive, por conta de alguns problemas nos bastidores, elas chegaram a discutir no SBT e também brigaram por aplicativo de celular. Contudo, depois da confusão, decidiram conversar pessoalmente sobre o assunto.

“Ficamos três primeiros anos [brigadas]. A gente até chegou a brigar de bater boca. Até falei: ‘Agora nós vamos sair no braço’. Teve um dia também que a gente brigou por WhatsApp, porque a Valentina é muito impulsiva, então ela começa a xingar. E eu sempre digo que, quem xinga, perde a razão. Aí ela começou a me xingar, me bloqueou e a gente foi tirar a história a limpo”, relatou.

“Um dia eu fui na casa dela, ela foi na minha casa, conheceu minha família, eu conheci a família dela. Aí a gente ficou amiga, irmã, sou madrinha do Pepe [filho da Valentina], sou madrinha do casamento dela e hoje nada abala nossa amizade”, completou.

Milene Pavorô na delegacia

Em 2016, Milene Pavorô participava do Programa do Ratinho. Ela se escondeu em uma caixa e o apresentador não a viu, dando um chute no objetivo. A humorista fingiu que estava chorando e deixou o palco, o que levou muitas pessoas a acreditarem que se tratava de uma agressão. Ela acabou parando na delegacia para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.

“Quem fez essa denúncia levou pro lado da maldade, não assiste o programa do Ratinho. Eu faço a personagem da caipirona, bobona, chorona. Simplesmente, eu fingir que tava triste e chorando, porque esse é meu personagem. Aí falaram que fui agredida, mas não teve nada disso”, contou. “Processaram [o SBT]. Mas caso encerrado, graças a Deus”, finalizou.

Confira a entrevista na íntegra:



Mais Notícias
Outros Famosos