Reportar erro
Chaves

Filha de Seu Madruga diz que Dona Florinda mentiu a Gugu sobre vício em drogas

Carmen Valdés criticou viúva de criador de Chaves em entrevista

 Filha de Seu Madruga diz que Dona Florinda mentiu a Gugu sobre vício em drogas
Ramón Valdés ao lado da filha, Carmen, e Florinda Meza como Dona Florinda - Foto: Montagem/Reprodução - Twitter/CarmenValdesJul e Carlos Rosas/Televisa

Paulo Pacheco

Publicado em 13/10/2020 às 16:55:42

Fora do ar em todo mundo por um impasse contratual e sem previsão de voltar à TV, Chaves ainda se movimenta nos bastidores mesmo após 40 anos do fim do programa. Em entrevista, uma das 10 filhas de Ramón Valdés (1923-1988), o Seu Madruga, acusou Florinda Meza, a Dona Florinda, de espalhar mentiras sobre seu pai.

Carmen Valdés criticou a viúva de Roberto Gómez Bolaños (1929-2014), criador e protagonista de Chaves, por ter dito que o intérprete de Seu Madruga era viciado em drogas. A revelação aconteceu durante entrevista a Gugu Liberato (1959-2019), na Record, em 2016.

"Todos sabemos que foi Florinda Meza que disse que meu pai tinha estes problemas. Uma pessoa drogada ou debilitada por algum vício, sejam drogas, álcool, o que for, poderia suportar esse ritmo de trabalho que tinham quando deixavam gravados tantos programas e viajavam em turnês extensas pela América Central, do Sul e Caribe? Roberto Gómez Bolaños permitiria isso com os compromissos que teriam? Sinceramente, não sei de onde ela tirou isso", rebateu a filha de Seu Madruga ao site Infobae.

Família de Seu Madruga quase processou Dona Florinda

A herdeira de Ramón Valdés ainda disse que nunca falou com Florinda Meza nem com Roberto Gómez Bolaños quando ele estava vivo. Ela revelou que advogados se ofereceram para processar a intérprete de Dona Florinda e Popis, entretanto a família de Seu Madruga recusou as propostas.

"Em um momento, inclusive, queríamos reagir legalmente contra esta acusação. Advogados nos ligaram falando 'eu te represento', 'podem tirar muito dinheiro dela', mas sabe o que nos fez recuar? Vimos em todas as redes sociais e como os fãs contestavam as notícias, e não teríamos que fazer nada. Nos preocupava se mudaria a forma que as pessoas pensassem por esta frase tão incômoda, mas isso não ocorreu", afirmou Carmen.

Em contrapartida, a filha de Seu Madruga elogia outros atores de Chaves, especialmente quem era mais próximo ao ator, como Carlos Villagrán (Quico), Edgar Vivar (Sr. Barriga) e Angelines Fernández (Bruxa do 71; 1922-1994).

"Foram amigos íntimos. Carlos, Edgar Vivar amava muito o meu pai. Dizer que era seu melhor amigo é até difícil, porque meu pai amava María Antonieta de las Nieves, Edgar, Carlos, Roberto, a 'bruxinha', como chamava Angelines Fernández. Ele a amava como amiga, como pessoa. Todos amavam o meu pai, mas quando Carlos Villagrán rompeu [com Chaves, em 1978], já estava inconformado por certas tensões que não cabem a mim falar, ele saiu atrás dele. Meu pai e Quico eram personagens muito sobressalentes. Não quero dizer que sejam os melhores, para muitos sim, para outros não, mas davam um tempero muito grande ao programa", analisa.

Mais Notícias