Abuso

Atriz Karen Junqueira diz ter sido estuprada com 12 anos por pai de amiga

Atriz pediu para que mulheres não se calem


Karen Junqueira
Karen Junqueira - Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (21), a atriz Karen Junqueira relatou em entrevista que sofreu um estupro quando tinha apenas 12 anos. Além disso, ela também afirma que o responsável foi o pai de uma amiga, que hoje vive como se nada tivesse acontecido.

Em declaração para a revista Claudia, a famosa disse que sentiu a necessidade de revelar o que tinha passado. “Aos 37 anos, decidi contar minha história. Senti necessidade de acalentar aquela menina que aos 12 anos sofreu abuso e ficou calada", começou.

Em outro momento, ela explica que resolveu trazer o ocorrido à tona como forma de mostrar para outras mulheres que não devem se calar perante a abusos. "O objetivo deste relato é encorajar aos que foram abusados a não se calarem. Não podemos mais normalizar a cultura do estupro e do silêncio. Eu conheço os sentimentos que os permeiam: culpa, medo e muita vergonha", continuou.

A atriz ainda explica que precisou procurar ajuda profissional. "Durante muito tempo a terapia me ajudou a enxergar a força que tenho. Decidi transformar feridas em combustível para seguir em frente. É uma longa estrada de erros e acertos comigo mesma. O abuso que sofri me gerou muitas questões emocionais. Desconfiança excessiva e insegurança foram algumas delas. Durante muito tempo tive que procurar entender e restabelecer meu valor e lugar no mundo", escreveu.

Karen Junqueira fala sobre estupro

No texto, a famosa relembra que tudo aconteceu quando ela ainda morava em Caxambu, uma pequena cidade de Minas Gerais. Na ocasião, ela passou a noite na casa da amiga.

"Era aniversário da minha melhor amiga e acabei passando a noite na casa dela. Eu me lembro de cada detalhe. Estávamos juntas, lado a lado, dormindo na mesma cama. Era tarde da noite, usávamos o mesmo pijama branco estampado com palhacinhos vermelhos. Foi quando meu sono foi interrompido pelo pai dela", contou.

"Naquele instante meu mundo parou. Eu congelei e sequer consegui abrir os olhos ou a boca para gritar. Lentamente, ele abaixou meu pijama e com seus dedos e língua começou a me tocar. Foram poucos minutos que se transformaram em uma eternidade massacrante", lembrou.

Karen ainda detalhou que o abusador fez tudo enquanto a sua filha estava dormindo, do lado dela, e que a esposa dele estava tomando banho. "Quando o chuveiro parou, ele rapidamente me vestiu o pijama e deixou o quarto. Eu me contorcia chorando e passei o resto da noite em claro, ainda estarrecida", escreveu.

Atriz se reencontra com abusador

Karen Junqueira contou que guardou tudo para si por muito tempo, e só veio compartilhar para a mãe quando o seu pai já tinha falecido. Nesse período de pandemia, ela retornou para Caxambu e acabou dando de cara com o abusador, o que fez com que ela decidisse quebrar o silêncio e fazer o relato.

"Tive que cruzar com a pessoa que me abusou, vivendo livremente como se nunca tivesse feito algo tão monstruoso", disse.

Juliana Lohmann revela abuso de diretor famoso

Na última terça-feira (14), também em relato para a mesma revista, Juliana Lohmann decidiu abrir o jogo e contar que foi drogada e estuprada por um "famoso que dirigia seu primeiro longa", quando ela tinha completado 18 anos.

O forte texto repercutiu bastante, e nas redes sociais, muitos internautas começaram a criar suposições de quem seria esse o responsável, algo que ela não revelou durante o texto.

Mais Notícias
Outros Famosos