Reportar erro
Nos tribunais

Amber Heard relembra acusação de Johnny Depp sobre traição com DiCaprio

Atriz contou em audiência mais um caso de agressão do ex

Colagem em que Johnny Depp e Amber Heard aparecem lado a lado sérios
Amber Heard faz mais uma acusação ao ex, johnny Depp
Redação NT

Publicado em 21/07/2020 às 13:55:00

Em mais um capítulo da batalha judicial entre Amber Heard e o ex, Johnny Deep, a atriz relembrou agressões físicas e psicológicas do astro. Além de socos, tapas, chutes e sufocamento, Amber contou que o astro, em uma das ofensas, teria afirmado que ela praticava sexo com colegas de filmes e testes para papéis, como Leonardo DiCaprio.

"Ele me acusou de ter casos com cada um dos meus colegas de elenco, filme após filme: Eddie Redmayne, James Franco, Jim Sturgess, Kevin Costner, Liam Hemsworth, Billy-Bob Thornton, Channing Tatum; até mesmo mulheres como Kelly Garner. Ele também me acusou de ter casos com as estrelas com quem fiz testes como Leonardo DiCaprio. Ele me insultava com isso, especialmente quando ele estava bêbado ou drogado, e tinha apelidos depreciativos para cada um dos meus colegas de elenco que ele considerava uma ameaça sexual", afirmou a atriz, durante a décima sessão pelo processo de difamação de Depp contra um jornal.

Troca de acusações começaram em 2016

As informações foram obtidas pelo E! News. Um dos apelidos dados por Depp aos supostos amantes de Amber seria "cabeça de abóbora", quando se referia a DiCaprio e "cabeça de batata", ao citar Channing Tatum.

As trocas de acusações começaram em 2016, quando Heard pediu o divórcio após revelar o relacionamento abusivo. Em 2018, o jornal Washington Post publicou artigo de Amber Heard acusando Depp de agressões durante o relacionamento.

A defesa do ator sempre alegou que era Amber que tinha atitudes abusivas com o astro. A previsão é que o julgamento do caso tenha um ponto final nas próximas semanas.

Mais Notícias
Outros Famosos