Repercussão negativa

Após polêmica, Bia Doria pede desculpas e Val Marchiori reclama de "distorção"

Vídeo em que amigas falam sobre moradores de rua viraliza nas redes sociais; veja respostas

Após polêmica, Bia Doria pede desculpas e Val Marchiori reclama de
Bia Doria e Val Marchiori conversam sobre pessoas em situação de rua

Publicado em 03/07/2020 às 18:18:08

Por: Paulo Pacheco

Val Marchiori e Bia Doria se pronunciaram após a repercussão negativa de uma conversa entre as duas sobre pessoas em situação de rua. A primeira-dama do Estado de São Paulo pediu desculpas, enquanto a socialite reclamou que o vídeo, com mais de 1,5 milhão de acessos no Twitter, foi distorcido.

De acordo com Marchiori, as duas falavam sobre a dificuldade de encaminhar pessoas que moram nas ruas para abrigos do estado: "No abrigo, tem horário para chegar, tem horário para dormir, tem que limpar o banheiro, dar descarga, e muitas pessoas que estão nas ruas tem problemas com alcoolismo, com drogas, não querem ter isso. E foi essa a nossa conversa".

Indignada, a socialite continuou dizendo que já doou alimentos a pessoas nas ruas e levou os filhos para conhecerem a pobreza na Praça da Sé (centro de São Paulo): "Em nenhum momento a Bia disse: 'É errado dar comida para os moradores de rua', até porque eu já fiz. Distorceram tudo que ela falou, o que nós conversamos".

Bia Doria, em sua rede social, também esclareceu a conversa com Val Marchiori: "Peço desculpas se a maneira como falei deu a entender que não devemos amparar quem vive em vulnerabilidade".

Vídeo repercutiu mal

No vídeo, as duas afirmaram que algumas pessoas moram nas ruas "por capricho" e que não se deve dar comida e roupa a elas. "Não é correto chegar na pessoa que está na rua e dar marmita, porque a pessoa tem que se conscientizar que ela tem que sair da rua", disparou a mulher do governador João Doria, que também ocupa o cargo de presidente do Fundo Social de São Paulo. "A rua hoje é um atrativo, as pessoas gostam de ficar na rua", acrescentou.

Val Marchiori concordou com o posicionamento e sugeriu que algumas pessoas que vivem nas ruas não procuram abrigo porque não querem "responsabilidades" e "limpeza". "Elas não querem sair da rua porque no abrigo têm horário para entrar, têm responsabilidades, limpeza e eles não querem, né?", comentou.

"Ela quer receber. Ela quer a comida, quer a roupa, quer uma ajuda e não quer ter responsabilidade e isso está muito errado, porque se a gente quer viver num país onde todos têm suas responsabilidades", continuou falando sobre assunto a primeira-dama. "É, nós temos, é nossas contas. Todo mundo tem suas responsabilidades", detonou Val Marchiori.

 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!