Reportar erro
Protagonista

Andréia Sadi por trás das câmeras: Bullying, brincadeira sobre adoção e musa de Gilberto Gil

Jornalista vem ganhando protagonismo por seu trabalho na cobertura política

Duas fotos de Andréia Sadi: sozinha e com Gilberto Gil
Andréia Sadi é muito mais do que se vê diante das câmeras - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 23/06/2020 às 04:45:00

Quem acompanha o mundo jornalístico na TV e na internet nos últimos tempos conhece o nome Andréia Sadi. Ela se tornou uma das protagonistas do jornalismo político da TV brasileira, atuando na GloboNews e em programas da Globo, além de bater ponto no portal de notícias do Grupo Globo. Mas a profissional vai muito além do que se vê e ela chega a brincar que, por muito tempo, teve medo de ter sido adotada por causa de uma história a respeito de seu nascimento. Ela também garante que sofreu bullying na juventude por ser gorda. E ainda conseguiu um feito e tanto: ser personagem em uma música de Gilberto Gil.

Sadi vem ganhando cada vez mais destaque entre os telespectadores e voltou a protagonizar uma cena importante no cenário político ao virar meme depois de ironizar o advogado da família Bolsonaro, durante entrevista para que ele explicasse o fato de Fabrício Queiroz estar em uma residência dele em Atibaia. "O Queiroz pulou o muro? Apareceu voando na casa do senhor? Ou foi levado por alguém?", perguntou para Frederick Wassef. Mas quem vê a firmeza da jornalista não tem ideia que ela sofreu bullying na juventude.

Segundo a própria profissional, ela foi gordinha durante a adolescência e não conseguia controlar o peso. Questionada por Jô Soares durante entrevista em 2016, ela chegou a cometer uma gafe. "Eu tive esse problema, não é um problema...", soltou. "É um problema quando você é adolescente e é excluída", disse provocando o riso da plateia por ter chamado o fato de "problema".

Foi aí que ela revelou ter sofrido bullying, embora tenha ponderado que muita gente diria que era ela quem praticava. "Vão dizer que eu praticava bullying porque eu era mandona, mas eu sofri bullying. Como qualquer adolescente eu fiz muita dieta de ficar sem comer", garantiu revelando logo depois como conseguiu emagrecer e chamou a atenção que ela não negou ter emagrecido por conta de uma relação. "Mas emagreci quando eu noivei e nunca mais parei de fazer exercício físico na vida", revelou lembrando que sofre por deixar de comer o que gosta. Mas Sadi brincou na entrevista com Jô e disse que o emagrecimento não foi pelo noivo em si e sim porque queria entrar no vestido para o casamento.

Andréia Sadi teve medo de ser adotada

Andréia Sadi por trás das câmeras: Bullying, brincadeira sobre adoção e musa de Gilberto Gil

Na mesma entrevista, a jornalista revelou, em tom de brincadeira, que passou parte da vida achando que tinha sido adotada. Tudo por conta da forma inusitada que ela veio ao mundo. Segundo Sadi, sua mãe estava tomando banho durante o fim da gestação, quando a bolsa estourou e ela decidiu ir ao hospital. Acontece que não houve tempo e o parto foi feito dentro do carro. "Passei um tempo achando que eu era adotada porque essa história é surreal. Com o tempo eu fui apurando e descobri que era filha deles", brincou ela.

Sadi garantiu que não poderia ser adotada porque se parece muito com os pais nos trejeitos e na forma de se comportar, mas disse que na infância os irmãos zombavam dizendo que ela não era filha natural porque a história não era crível. Por causa disso, ela chegou a investigar para confirmar a história antes de ter certeza que não era adotada.

Andréia Sadi: Musa de Gilberto Gil

Andréia Sadi por trás das câmeras: Bullying, brincadeira sobre adoção e musa de Gilberto Gil

Gilberto Gil compôs uma música para Andréia Sadi, o que mostra o poder da jornalista. Ela explicou em entrevista no Altas Horas como conseguiu este feito numa letra feita para a jornalista e para a atriz Maria Ribeiro. “Ela pediu uma música. O Gil tinha feito uma música para a Roberta Sá, e a gente estava na casa do Jorge Bastos Moreno, amigo em comum, e aí eles contando da música da Roberta, Afogamento, e a Maria falou: ‘Eu quero uma música’. Eu falei: ‘Gente, eu também quero!’”, garante.

É aí que ela diz que a música Lia e Deia é feita para ela e para a amiga atriz. “Por que não, né? Mas quando você vai imaginar que o Gil ia fazer uma música. Acabou que ele fez mesmo”, cravou comemorando.

Andréia Sadi namora jornalista do SporTV

Andréia Sadi por trás das câmeras: Bullying, brincadeira sobre adoção e musa de Gilberto Gil

Sadi foi casada por muito anos com o jornalista Paulo César Pereira. Os dois moravam em Brasília e, enquanto ele era um dos principais editores de política do jornal O Globo, ela começava a ascender na carreira. Mas, após o divórcio, Andréia acabou se envolvendo com André Rizek, apresentador de diversos programas do SporTV e muito polêmico nas redes sociais.

Se ela sempre tenta ser discreta, buscando ao máximo manter o foco na notícia, Rizek é o oposto e vive entrando em confusões por conta de suas opiniões, quase sempre contrárias à atual gestão do Governo Federal. No furo de reportagem de Sadi, que virou meme na semana passada, o próprio namorado não perdeu a chance de fazer uma piada. "Não é uma boa ideia mentir para a Andréia Sadi".

Andréia Sadi e a ascensão meteórica

Andréia Sadi por trás das câmeras: Bullying, brincadeira sobre adoção e musa de Gilberto Gil

Formada em 2005, Sadi passou um tempo em São Paulo trabalhando com assessoria de imprensa, mas sempre deixou claro que não era nada disso que ela queria para a vida. Se mudou para Brasília e assumiu o cargo de repórter do IG para cobrir as eleições 2010. A partir daí, migrou para o G1 e para a Folha no ano seguinte, onde garante ter tido um giro na carreira. “Foi a escola da minha vida. Fiquei um tempo na reportagem e, depois, a Renata Lo Prete, editora da coluna Painel, me chamou para trabalhar com ela. Eu a admirava muito desde a faculdade por causa do furo do Roberto Jefferson que ela deu na cobertura do Mensalão. Eu estava trabalhando com meus mestres”, afirmou em entrevista para o Memória Globo.

Convidada para entrar na GloboNews, a jornalista ficou apavorada e até pensou em recusar o convite. “Minha formação é de jornal impresso, e a GloboNews era praticamente toda ao vivo. Eu não sabia nem segurar um microfone. A Eugênia me disse: ‘você sabe contar história, sabe apurar, vai fazer isso na GloboNews’”, lembra.

Dona de um dos blogs mais importantes da política brasileira, Sadi explica seu ritmo. “Brinco que vejo o blog como uma barraquinha na feira que vende frutas. As frutas são as notícias, os compradores são os jornais. Quando disparo meu post, começo a ser acionada por editores que querem, ou não, o assunto do blog. Aí vou para o vivo no Jornal Hoje, na GloboNews. Se crescer, vira matéria no Jornal Nacional, no Jornal da Globo”, encerrou.

Mais Notícias
Outros Famosos