Reportar erro
Live para maiores

Borat do Amor e Sexo tem lives adultas com striptease canceladas: "Perseguição"

Borat diz que se sente censurado é que nas redes as regras são diferentes para mulheres

 Borat do Amor e Sexo tem lives adultas com striptease canceladas: "Perseguição"
Divulgação

Ana Cora Lima

Publicado em 02/06/2020 às 05:28:00

No início de maio, Bruno Miranda, mais conhecido como Borat do programa Amor & Sexo, da Globo, decidiu mergulhar no universo das lives. O assistente da extinta atração comandada por Fernanda Lima apostou em um conteúdo, digamos, mais adulto com direito até a striptease nas transmissões. Depois de quatro programas, ele foi suspenso pelo Instagram. “Recebi uma notificação e fui suspenso por um determinado tempo. Eles alegaram conteúdo impróprio, mas eu achei que foi perseguição. Tudo que eu faço é censurado”, explica.

Ao NaTelinha, Bruno contou que volta e meia vinha sendo chamado a atenção por fotos, onde mostrava a anatomia do corpo que ganhou a fama: a bunda. "Eu acho estranho porque eu posto foto do Borat, que é um personagem, que usa maiôs cavados, sungas cavadas e implicam. Aí, vejo fotos de celebridades, musas fitness com os peitos de fora cobertos só por estrelas ou com as mãos e até mesmo tangas cavadíssimas, e elas não são censuradas. Mulher pode? As regras não são para todos? Eu fico chateado e acho que existe uma perseguição”, lamenta.

Mas o ator revelou o que levou a rede social suspender a live. Um dos convidados tirou a roupa e quase mostrou o que não devia. "Não foi um nu explícito, mas quase (risos). Eu não oriento, mas peço para as pessoas não se empolgaram muito. Só que elas vão entrando no clima, ficam animadinhos e acabam passando um pouco do limite. Existem seguidores que entram na onda também”, entrega.

"Sempre uso cueca ou fio-dental", diz Borat

Sempre de cueca ou fio-dental, Bruno dança e conversa com um convidado. O striptease funciona a base de comentários quentes sobre sexo com direito a música e dança a cada tirada de uma peça. De vez em quando quem assiste a live participa também. "A intenção é entreter, alegrar quem está em casa. Nunca tinha conversado com meus seguidores e agora estou tendo essa interação", explica.

Bruno espera voltar já na semana que vem com seus programas seja no próprio Instagram ou no YouTube. "Abri um canal e estou pensando transmitir nas duas plataformas. Estou animado. Tenho aprendido a usar melhor a ferramenta e vamos ver que acontece porque quero fazer umas lives mais completas com entrevistas, programas mais elaborado também”, antecipa.

Mais Notícias