Reportar erro
Quarentena

Padre Fábio de Melo critica excesso de informações sobre coronavírus: "Me deixando mal"

O religioso se mostrou incomodado com o excesso de informações

Padre Fábio de Melo
Padre Fábio de Melo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 20/03/2020 às 17:39:21

Nesta sexta-feira (20), o padre Fábio de Melo usou as redes sociais para demonstrar incômodo com o excesso de informações à respeito do coronavírus pelos meios de comunicação.

"Não sei vocês, mas ficar acompanhando as notícias está me deixando muito mal. Há um limiar estreito entre a necessidade de saber e o excesso de saber. Já estou consciente e informado. Tomei as providências necessárias e estou diminuindo ao máximo a possibilidade de ter vetores na minha quarentena e na da minha mãe. Sinto que acompanhar o tempo todo as informações não está me fazendo bem. Precisamos zelar pela saúde mental também", explicou.

A posição do religioso ganhou apoio de uma grande maioria dos seus seguidores. "Padre, me identifico muito com o senhor. Também não me sinto bem", escreveu um. "Verdade tudo isso mexe com o psicológico, eu tenho depressão com síndrome do pânico, uso medicamento e estou me esforçando pra ficar bem estou me ajudando...tempo de reflexão, fé, oração e com a graça de Deus, ficaremos bem", comentou outro", "As pessoas estão enlouquecidas nos mercados e deprimindo em casa. Respirem pessoal!!", escreveu mais um.

Padre Fábio de Melo critica excesso de informações sobre coronavírus: \"Me deixando mal\"

Padre Fábio de Melo critica excesso de informações sobre coronavírus: \"Me deixando mal\"

Padre Fábio de Melo reclama da alta de preços por causa do coronavírus

Na última quarta-feira (18), o padre já tinha usado a rede social para fazer uma crítica sobre o atual momento em que vivemos, e o foco foi para aqueles que estão aproveitando da situação para deixarem produtos mais caros.

"Enquanto em outros lugares do mundo os comerciantes baratearam o preço do álcool em gel, para facilitar na prevenção, no Brasil acontece o contrário. O preço aumentou 400%. A nossa miséria moral, com seu alto poder destruidor, antecede o vírus", declarou.

Mais Notícias
Outros Famosos