Exclusivo

Sabrina Sato se inspira em Hebe: "Foi transgressora para a época"

No Dia Internacional da Mulher, a apresentadora concedeu uma entrevista exclusiva ao NaTelinha

Sabrina Sato se inspira em Hebe:
Divulgação

Publicado em 08/03/2020 às 08:41:31

Por: Sandro Nascimento

Mesmo depois de ter sido confinada na casa do Big Brother Brasil, integrado o elenco do grupo Pânico, virado apresentadora da Record e se tornado uma empresária bem sucedida, Sabrina Sato, 39, afirma que só após ter sido mãe conseguiu se sentir mais forte, preparada e confiante para encarar os desafios da vida. Sobre Hebe Camargo (1929 - 2012), que neste domingo (8) completaria 91 anos de vida, Sato revela que a apresentadora a inspirou na TV e que ela era "a força e o amor em forma de gente".

"A Hebe sempre me inspirou demais, ela foi transgressora para a época. Também foi corajosa, falava sem medo. Com seu trabalho, suas palavras e sua personalidade quebraram regras e preconceitos", conta Sabrina sobre a relevância de Hebe na conscientização da luta pelos direitos das mulheres, com exclusividade ao NaTelinha.

À reportagem, a sempre sorridente apresentadora se recorda de uma passagem com Hebe Camargo quando estava numa reportagem no humorístico Pânico: "Lembro um dia, quando estava fazendo um link ao vivo no Pânico, fui à casa dela e apertei a campainha, ela estava fazendo um churrasco. Me chamou pra entrar, brincou comigo, me jogou na piscina e pulou junto. Rimos tanto! Passamos à tarde juntas. E ela ainda me emprestou uma roupa. Hebe era a força e o amor em forma de gente. Uma grande inspiração".

Me sinto mais forte, preparada e confiante para encarar todos os desafios da vida

Sabrina Sato após ser mãe

A Sabrina Sato mãe e esposa

Questionada sobre como ela definiria a Sabrina Sato mãe de Zoe, 1, e esposa do ator Duda Nagle, a apresentadora da Record, que entra na guerra pela audiência aos domingos no Dia Internacional da Mulher à frente do novo Domingo Show, afirma: "Uma mãe e mulher feliz da vida. Que ama e se sente amada. Que faz tudo pela família mesmo com a correria do trabalho".

E completa: "Me sinto mais forte, preparada e confiante para encarar todos os desafios da vida (após ser mãe). Transbordo amor e sinto uma felicidade plena que não cabe em mim".

Os homens precisam saber que estamos juntas, unidas e que cuidamos umas das outras

Sabrina Sato no Dia da Mulher

Violência doméstica 

Sobre os casos de violência doméstica contra a mulher que ainda ocorrem na sociedade, Sabrina aconselha que a agredida precisa denunciar: "É preciso falar, contar, pedir ajuda e denunciar o agressor. E quando eu falo sobre pedir ajuda é para também cuidar das feridas da alma e traumas que essa violência pode deixar".

"O machismo existe em qualquer lugar porque infelizmente está enraizado na nossa educação e cultura. Claro que já senti muitas vezes (todas nós mulheres já sofremos com isso), mas mesmo quando não tinha consciência que era machismo eu nunca deixei que isso me impedisse de alcançar meus objetivos"

À pedido do NaTelinha, Sabrina Sato deixou uma mensagem aos homens no Dia Internacional da Mulher: "Aprendi com meu pai e minha mãe a sempre me colocar no lugar do outro. Acho esse um bom exercício para todos os homens. Gentileza gera gentileza. Gera empatia. Gera respeito. E os homens precisam saber que estamos juntas, unidas e que cuidamos umas das outras".


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!