Reportar erro
Trabalha na Record

Após agredir colega, Augusto Nunes bate boca com Mônica Bergamo: "Asqueroso"

Jornalistas se envolveram em confusão nas redes sociais

Augusto Nunes e Mônica Bergamo dividem a tela numa montagem
Augusto Nunes voltou a bater boca com uma colega, dessa vez com Mônica Bergamo. Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 18/11/2019 às 20:05:44

Semanas depois de ser protagonista de uma agressão a Glenn Greenwald, o jornalista Augusto Nunes está em nova polêmica. Nesta segunda-feira (18), o comentarista do Jornal da Record bateu boca com Mônica Bergamo, da Folha, e acabou sendo chamado de asqueroso.

Tudo começou quando o jornalista defensor do governo de Jair Bolsonaro decidiu fazer uma crítica ao ex-presidente Lula nas redes sociais. "Como lembrou o autor anônimo, os filhos ñ estavam em Curitiba p/ abraçar o pai q saía da cadeia. Ñ lhe passou pela cabeça visitar os túmulos da mulher, do irmão e do neto antes de escalar o palanque p/ louvar a desunião e a violência. Faz sentido: Lula só ama Lula", escreveu ele em seu perfil no Twitter durante o final de semana.

Pouco tempo depois, Mônica Bergamo deu RT na postagem e justificou a situação corrigindo alguns equívocos do texto de Augusto Nunes, explicando a impossibilidade de Lula visitar alguns dos túmulos como sugeriu o profissional da Record e da Jovem Pan. "Augusto Nunes questiona se não passou pela cabeça de Lula visitar os túmulos de Marisa e do neto. Mas eles foram cremados.", lembrou.

Neste ponto, a confusão parecia resolvida, já que nenhum dos dois tinha se manifestado sobre o caso que sequer deu grande repercussão tanto entre os fãs do atual como dos admiradores do ex presidente. Mas, nesta segunda-feira a situação mudou de figura.

Troca de ofensas entre Augusto Nunes e Mônica Bergamo

Tudo começou quando Augusto Nunes resolveu que poderia desmentir a informação oferecida por Monica Bergamo. "A porta-voz Mônica Bergamo garante: Lula não visitou os túmulos dos parentes mortos durante a temporada na cadeia pq “eles foram cremados”. A família do irmão Vavá informa: o corpo de Genival Inácio da Silva foi sepultado no Cemitério Pauliceia, em S. Bernardo do Campo", twittou o jornalista.

Vale lembrar que a profissional da Folha não afirmou que o irmão de Lula havia sido cremado, apenas corrigiu a informação de Augusto Nunes que havia sugerido que o ex-presidente visitasse o túmulo de três entes falecidos e ela lembrou que dois deles foram cremados.

Diante da situação, Mônica Bergamo perdeu a paciência e resolveu responder. "Deixe de usar crianças e pessoas mortas para atingir quem você não gosta, Augusto Nunes. Não percebe que isso é asqueroso?", detonou sem medir as palavras. Até a publicação da reportagem, Augusto não havia respondido o tuíte da colega.

Mais Notícias
Outros Famosos