Reportar erro
Confusão

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de "Hércules" 20 anos depois

Kevin Sorbo se envolveu em muitas polêmicas

"Hércules"
"Hércules" fez sucesso na década de 1990 - Foto: Reprodução/Internet
Naian Lucas

Publicado em 25/09/2019 às 06:15:08

Kevin Sorbo protagonizou a série “Hércules” entre 1995 e 1999, durando seis temporadas na televisão americana. A produção passou no SBT e Record no Brasil e adquiriu muitos fãs. Mas, ao longo da sua carreira, Kevin passou por problemas de saúde e polêmicas.

O NaTelinha resolveu resgatar um pouco sobre a trajetória do ator, que conta com derrame, depressão, assédio e mais.

Confira:

Derrames

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de \"Hércules\" 20 anos depois

Em 1997, Sorbo estava com 38 anos e não passou pela sua cabeça que poderia ter um problema de saúde. Ele promovia o filme “'Kull The Conqueror” e, após levantar peso na academia, começou a sentir tonturas e ter visão borrada. “Na época eu estava promovendo o filme 'Kull The Conqueror'. Eu tinha vários médicos na minha turnê de divulgação para cuidar de mim, mas eles não acreditavam que era sério”, contou o ator em entrevista a uma revista americana.

Apesar dos sintomas, ele ignorou e no dia seguinte sua fala havia piorado e não conseguia andar. Resolveu realizar exames médicos e descobriu que sofreu três aneurismas diferentes, mas não sabe o motivo. A equipe de “Hércules” reescreveu os roteiros para que ele pudesse se recuperar.

Depressão

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de \"Hércules\" 20 anos depois

Recuperado, ele sentiu-se frustrado por não estar na melhor forma no momento principal da sua carreira. Isso o levou a ter depressão, iniciando tratamento com medicamentos.

O ator e o profissional que cuidava do seu caso perceberam que os efeitos colaterais estavam lhe prejudicando.

Por conta disso, Kevin largou a medicação e passou a realizar tratamento psicológico.

Polêmica com Judeus

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de \"Hércules\" 20 anos depois

O artista voltou ao centro das atenções quando foi anunciado que ele seria protagonista do filme “Deus não está morto”. Sorbo afirmou que os judeus assassinaram Jesus, causando revolta no grupo de religiosos.

“Ok, notícia do dia: Vocês mataram Jesus”, disparou. “Eles o entregaram aos romanos”, respondeu o entrevistador. “Exatamente. Eles o entregaram, então eles tinham uma mão nisso”, acrescentou o ator.

“Será que todos os judeus daquela época odiavam Jesus? Claro que não. Mas as pessoas gritavam para que o criminoso fosse liberto. Isso está no livro. Isso está nos fatos. Foi como se eles fossem cúmplices de seu assassinato. Eles sabiam que ele ia ser assassinado. E diante disso não há questões a serem discutidas”, continuou Kevin.

Depois de toda polêmica, ele tentou diminuir o impacto da sua declaração. “Eu deveria ter formulado melhor. Nós vivemos em um tempo onde tudo é examinado”, finalizou o assunto.

Assédio

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de \"Hércules\" 20 anos depois

Em outra entrevista numa rádio americana, em 2017, o ator contou que sofreu assédio sexual em Hollywood. Questionado quem teria feito isso, Kevin não fugiu da polêmica e revelou que foi Gianni Versace, assassinato em 1997 e principal nome da série “American Crime Story”.

“Nós tivemos um jantar que eu presumi ser profissional, e de repente a mão dele está acariciando minha coxa. Eu disse que eu era heterossexual, mas ele respondeu que era isso que o excitava”, contou Sorbo. “Ele me disse: ‘Você não é um homem feminino, é um homem de verdade. Na vida, você tem que f*der tudo, Kevin. O cachorro, o gato, o menino, a menina'”.

O ator garantiu que nunca conseguiu emprego nas campanhas prometidas por Versace, porque nunca aceitou ir para cama com o estilista.

Preconceito

Depressão, derrame e assédio de Versace: Os dramas do ator de \"Hércules\" 20 anos depois

O ator é conhecido por ser muito religioso e já afirmou que sofre preconceito por ser cristão. “Eu acho que ser um conservador em Hollywood ou ser um cristão em Hollywood, é ser atacado”, declarou.

Porém, ele também foi acusado de xenofóbico ao chamar os imigrantes de “sonhadores” de forma pejorativa. “Somente na América os cidadãos legais podem ser qualificados com o termo ‘racistas’ ou ‘nazistas’, mas os ilegais são chamados ‘sonhadores’”, detonou.

Mais Notícias
Outros Famosos