Morreu em 2015

Carlos Lombardi homenageia Betty Lago: "Feliz aniversário. Seja onde for"

Atriz comemoraria mais um ano nesta segunda-feira (24)

Carlos Lombardi homenageia Betty Lago:
Carlos Lombardi homenageou a amiga Betty Lago que faria aniversário nesta segunda-feira (24)

Publicado em 24/06/2019 às 20:20:58

Por: Daniel César

O novelista Carlos Lombardi utilizou suas redes sociais para homenagear a atriz já falecida Betty Lago. Ela faria 64 anos nesta segunda-feira (24) e era muito próxima do autor, não apenas na vida pessoal, mas também na profissional. Betty faleceu em 2015, vítima de um câncer.

"Feliz aniversário Betty, seja onde for. A segunda foto é do quadro pintado por Cláudia Liz e mora na minha sala", escreveu em seu perfil no Instagram, após postar duas fotos da atriz. 

Carlos Lombardi e Betty Lago viveram uma espécie de simbiose profissional desde os anos 90. Conhecida por seu jeito despojado de modelo, ela estreou como protagonista de novelas em 1994 pelas mãos do autor que era conhecido à época como o rei das 19h. Em "Quatro Por Quatro", ela deu vida a dondoca Abigail e ganhou o coração dos telespectadores.

Desde então, Betty foi a única atriz a participar rigorosamente de todas as novelas que Lombardi levou ao ar em duas emissoras diferentes. Ela atuou com muito destaque em "Vira Lata" (1996), "Uga Uga" (2000), "Kubanakan" (2003) e "Pé na Jaca" (2006), novelas do dramaturgo na Globo. Os dois ainda trocaram figurinhas em "O Quinto dos Infernos" (2002), minissérie que Carlos escreveu com seu tom bem humorado e que recontava a história do Brasil.

A parceria entre Lago e Lombardi era tão grande a ponto de que, assim que assumiu "Bang Bang" (2006), após o afastamento do autor titular, ele escreveu um capítulo especial para contar com a participação da atriz que interpretou a célebre personagem do faroeste, Jane Calamidade.

No último trabalho do escritor na emissora carioca, ela também esteve presente. Em "Guerra e Paz" (2008), uma sitcom que marcou a despedida de Lombardi das telas da Globo, Betty viveu a delegada Soraya.

A mudança de ares para a Record poderia fazer com que alguém pensasse que os dois jamais voltariam a trabalhar juntos novamente. Ledo engano. Em 2012 a emissora paulista anunciou a contratação do novelista para seu casting e na única obra de Carlos Lombardi no canal de Edir Macedo, "Pecado Mortal" (2013), lá estava Betty Lago novamente.

Com uma parceria deste tamanho, Lombardi optou por relembrar o aniversário da amiga e a atriz que ele considera uma das profissionais que melhor sabiam ler seu texto. 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!