Reportar erro
Aos 44 anos

Preta Gil quer ser mãe mais uma vez: "tenho vontade de adotar"

Mãe e avó, Preta não descarta a possibilidade de adotar uma criança

 Preta Gil quer ser mãe mais uma vez: "tenho vontade de adotar"
Cantora revelou o desejo de ser mãe novamente - Reprodução/Instagram

Redação NT

Publicado em 29/05/2019 às 16:00:57

Aos 44 anos, Preta Gil planeja ter um filho. “Tentarei de forma natural”, disse em entrevista ao canal do YouTube da atriz Karina Bacchi. A cantora explica que a vontade aumentou depois que se tornou avó da pequena Sol de Maria, hoje com 3 anos.

Ela explica que descobriu que seria avó um mês antes de se casar com Rodrigo Godoy e se assustou. “E pensei: ‘Meu Deus, vou falar para o meu marido que vou ser avó. Não é nem pai ainda, vai ser avô’, brincou. 

A menina é filha de Francisco, de 24 anos. O rapaz é fruto do primeiro casamento da artista com o ator Otávio Müller, de 53 anos. Preta conta que rejuvenesceu depois que a criança entrou em sua vida. “A Sol me trouxe mais 20 anos de idade. Tenho 44 anos, sinto dores no joelho, na coluna, mas quando ela aparece tudo desaparece”, se derreta. 

Por outro lado, a cantora sabe que uma gravidez na sua idade vai além da vontade em gerar uma criança. Porém, para suprir a vontade de ser mãe, Preta está disposta a adotar, caso seja a única forma. 

“Tenho esse sentimento maternal na vida. Sou mãe de todo mundo e tenho que me policiar”, analisa. “Tenho vontade de adotar, ainda vou tentar ter de forma natural, mas é algo que eu e o Rodrigo temos conversado”, confessa. 

Preta relata que depois do nascimento de Francisco o seu maior medo estava relacionado a criação do menino. Ela temia que ele não conseguisse se encontrar na vida e ficou mais tranquila depois que o filho decidiu ser cantor, assim como ela. 

“O Francisco demorou para se encontrar. Não foi fácil! Neto de quem ele é [Gilberto Gil], filho de quem ele é. Há um ano, ele começou a se soltar e assumir que quer cantar, mas foi de uma maneira responsável, de entender o momento dele”, analisa.

Preta Gil relembra, ainda, que passou pela mesma situação por causa do seu pai. O cantor e ex-Ministro da Cultura é considerado uma grande referência no meio artístico. Por isso, ela começou sua carreira tarde, quando já estava com 28 anos. 

“Eu me perdi. Passei muitos anos da minha vida fazendo coisas e sendo uma pessoa que não queria ser com medo da comparação. É uma família com referências artísticas muito fortes. Você fica: ‘Sou filha do Gil e nunca vou ser tão boa quanto ele'. E você não tem que ser melhor ou pior, você só tem que ser você”, ressalta.

Mãe e avó muito cedo, a cantora não descarta a possibilidade de se tornar bisavó enquanto nova. “Eu tinha 19 anos quando engravidei. Não parei em nenhum momento. Trabalhei até o dia que ele nasceu”, relembra. 

Assim como a mãe, Francisco experimentou a paternidade bem jovem. Sua filha nasceu em 2015, quando ele estava com 19 anos. “E se a Sol (neta) seguir, eu vou ser bisavó com 60”, concluiu a cantora.

Assista:

Mais Notícias