Cantor

Agnaldo Timóteo apresenta recuperação e agradece carta de Lula

Agnaldo Timóteo apresenta recuperação e agradece carta de Lula
Reprodução/ Instagram

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 29/05/2019 às 11:02:35 Atualizado em 29/05/2019 às 11:15:00

Agnaldo Timóteo apresentou uma leve melhora em seu quadro de saúde. Ele permanece internado na UTI do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador.

Veja boletim médico divulgado pelo hospital:

“O paciente permanece internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), instável. Está entubado, mas, apesar do estado grave, ele apresentou discreta melhora na última madrugada.”

O cantor foi internado após sofrer um princípio de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e respira com ajuda de aparelhos.

O ex-presidente Lula, que está preso, deixou um recado para Agnaldo Timóteo.

"Obrigado Lula. Após saber pela mídia do problema de saúde do cantor Agnaldo Timóteo o presidente Luis Inácio Lula da Silva envia bilhete afirmando que torce pela melhora de saúde. Que grandeza", escreveu o perfil oficial do cantor.

Lula escreveu: "Fiquei sabendo do seu problema de saúde. Este bilhete é para dizer que estou torcendo pela sua recuperação. Tenha fé e acredite que Deus está olhando por você. Sorte amigo. Que deus lhe abençoe".

Carreira

Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em sua cidade natal, Caratinga, cantando em programas de calouro em rádios locais. Ficou conhecido como “Cauby mineiro” e, no anseio de alcançar vôos maiores como cantor, mudou-se para o Rio de Janeiro na década de 1960.

Enfrentou dificuldades na capital carioca e conheceu o cantor Roberto Carlos antes do rei se tornar um fenômeno. Sem dinheiro, dois caminhavam juntos de Lins de Vasconcelos à Cinelândia para buscar oportunidades nas rádios.

Não conquistando oportunidades, conhece Angela Maria e vira motorista da cantora. Ela gosta de sua voz e o indica para gravar um disco em 1961. Sem sucesso. Dois anos depois, ele grava outro CD e vende 180 cópias.

O auge ocorreu em 1967 com o álbum “Obrigado Querida”. Ele emplacou o hit daquele ano a canção “Meu Grito”, composição de Roberto Carlos. “Mamãe Estou Tão Feliz” também esteve no disco. De acordo com Timóteo, o CD consolidou sua carreira para sempre.

No meio político, candidatou-se doze vezes a cargo eletivo. Em 1986, lançou-se ao cargo de Governador do Estado do Rio de Janeiro e obteve apenas 110 mil votos. Foi Deputado Federal pela região carioca por duas oportunidades – 1982 e 1994 – além de ter sido vereador na capital em uma única oportunidade em 1996.

Após não ser reeleito em 2000 no Rio, ele transfere seu título de eleitor para São Paulo e se lança ao Poder Legislativo Municipal na capital paulista. Vence em 2004 e 2008, mas não consegue vencer como Deputado Federal pelo Estado em 2010 e não se reelege como vereador dois anos depois.

Na vida pessoal, sempre preferiu ser discreto. Católico, assumiu ter mantido relações sexuais com outros homens na juventude.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!