Empire TV Tycoon

Brinque como Silvio Santos: Existe game para salvar TV da falência e montar programação

Silvio Santos volta a atacar, mas você também pode brincar com TV sem gastar milhões

Brinque como Silvio Santos: Existe game para salvar TV da falência e montar programação
Silvio Santos pensando: no que vou mexer na grade? - Divulgação/SBT

Publicado em 13/05/2020 às 06:25:27

Por: Thiago Forato

Quem nunca sonhou em ter sua própria estação de TV, montar grade de programação, vender espaço publicitários e obter resultados extraordinárias com sua inteligência? Ok, talvez não muitas pessoas, mas Silvio Santos não só já sonhou com isso, como reproduz diariamente.

Em 2001, a eGames lançou o game TV Tycoon, um simulador de canal de TV, onde você ganha dinheiro com o espaço de venda publicitário e evita a falência, assim como algumas emissoras fazem na vida real.

Como o game é muito antigo, foi relançado como Empire TV Tycoon em 2015 pela DreamSite Games. A premissa é a mesma: você luta por audiência, tomando decisões que podem levar seu canal ao topo ou a falência de vez.

Brincando de Silvio Santos

Assim como Silvio Santos fazia muito nos anos 80 e 90 e está fazendo com mais afinco no Fofocalizando/Triturando, alterando quadros, o próprio título da atração, afastando ou reintegrando artistas, no Empire TV Tycoon você pode fazer o mesmo. Será que não seria um passatempo menos caro para o Senor Abravanel?

No game, a Empire TV é uma grande corporação que vem tendo prejuízos e dos três canais existentes, apenas um sobrará. Você é o contratado para dirigir um deles.

Dentre as atividades listadas no game, está a possibilidade de escolher o melhor conteúdo para a sua audiência, comprar e vender filmes ou programas de TV (são cerca de 1 mil para escolher), e não ser tentado por um conteúdo ilegal.

Algumas emissoras já tiveram caso de escolher filmes piratas para exibir. No game isso é possível, mas cuidado: o risco é alto e a polícia está sempre de olho, o que nem sempre acontece na vida real.

Anunciantes também são uma preocupação

Talvez essa seria uma dificuldade para Silvio Santos: os anunciantes. Há a possibilidade de contratar funcionários para ajudá-lo em diferentes tarefas, o que é bastante difícil para quem tem um perfil centralizador como Abravanel.

Mas caso você consiga ter a sensibilidade de delegar, pode se dar bem. Há ainda opções para produzir seus próprios programas, filmes e shows, distribuindo recursos de maneira eficiente.

A contratação para montar um casting também está disponível.

Enquanto isso, há quem brinque na vida real

Silvio Santos deu uma "pausa" em sua mais divertida brincadeira no final dos anos 1990, quando José Eduardo Lafon assumiu a direção artística do SBT. Os resultados logo vieram, mas depois que faleceu, em setembro de 2000, o dono do SBT voltou a tomar as rédeas para si.

Por volta de 2010, sua filha Daniela Beyruti era muito elogiada na montagem da grade e levou muitas ideias ao SBT, mas logo que saiu, Silvio atacou novamente.

Não é novidade que o empresário vê no SBT seu passatempo favorito. Nesta época de quarentena, até que não está tão afiado como em outros tempos. A grade de programação do SBT não "voa", mas escolheu como vítima a atração criada por ele, o Fofocando, que se tornou Fofocalizando em 2017, e mais recentemente, Triturando.

Se você quer fazer como ele sem gastar milhões, o Empire TV Tycoon está disponível para PC e celulares Android. Bom divertimento.

Thiago Forato é jornalista e escreve diariamente para o NaTelinha. Assina a coluna Enfoque NT desde 2011. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!