Gugu Liberato terá novo teste de fogo na carreira e chance de se reinventar

A coluna analisa nova fase da carreira de Gugu Liberato

Gugu Liberato assume o "Power Couple Brasil" - Reprodução/Record TV

Publicado em 24/04/2018 às 10:14:46 ,
atualizado em 24/04/2018 às 10:26:42

Por: Thiago Forato

Depois de três temporadas com um programa que levava seu nome na Record TV, Gugu Liberato estreia no comando da nova edição do reality "Power Couple Brasil".

A competição, que traz ares de programas de auditório, como a essência do apresentador pede, mostrará a competição de 11 casais que podem ganhar a bagatela de mais de R$ 1 milhão.

Desde que se mudou se transferiu para a Record TV em 2009, é a primeira vez, de fato, que Gugu se propõe a fazer algo diferente de verdade.

O "Programa do Gugu", que perdurou de 2009 a 2013, nunca empolgou de verdade, embora os índices de audiência mostrassem certos espasmos. Tudo aquilo era um grande amontoado de coisas que o loiro já havia feito no SBT, seja no "Domingo Legal" ou "Viva a Noite".

Quando estreou o "Gugu", em 2015, a coisa desandou de vez. Animou pelas entrevistas chocantes do início, mas Gugu estava deixando seu lado animador de auditório sumir. A plateia não tinha função alguma, e na maioria das vezes, ele utilizava o palco somente para chamar reportagens.

O Gugu que se consagrou na televisão é aquele da alegria, do improviso, do game, da competição, dos musicais, daquele que se misturava com o programa, seja ele qual fosse.

Nesta noite, ele terá a oportunidade de provar que ainda continua em plena forma e colocar sua personalidade num formato importado, o que também, convenhamos: não é fácil.

Obedecer a cartilha e ainda imprimir seu jeito vai ser um dos desafios de Gugu Liberato, que herderá um "Power Couple" de Roberto Justus completamente apagado e robotizado, como em todas as produções que esteve à frente por todos os anos com exceção de "O Aprendiz", que o consagrou.

Gugu, pode, enfim, voltar a aparecer no radar do público como um comunicador alegre e vencedor, da mesma maneira que foi consagrado na década de 1980. Aguardemos.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 13 anos e assina a coluna Enfoque NT há sete, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br Twitter: @tforatto



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade