Coluna do Sandro

Gugu não merecia ter briga por milhões exposta na mídia

Rose Miriam e família do apresentador disputam herança milionária na Justiça

Gugu não merecia ter briga por milhões exposta na mídia
Divulgação

Publicado em 27/12/2019 às 04:29:58 ,
atualizado em 27/12/2019 às 09:29:33

Por: Sandro Nascimento

A entrevista concedida por Rose Miriam Di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu Liberato, à coluna de Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo, discordando do testamento milionário deixado pelo apresentador e afirmando ser sua companheira há 19 anos, pegou público, familiares, jornalistas e amigos do artista de surpresa. Rose expôs uma situação familiar e pessoal que durante toda a carreira Gugu sempre silenciou.

"Qualquer mulher no meu lugar faria isso. Está parecendo que é uma briga. Mas não é. Eu tenho todo o direito de me colocar no meu lugar — infelizmente, na condição de viúva. A própria família dele estava cansada de nos ver juntos, há 19 anos. Eu chamava ele de anjo. Nunca tive outro homem a não ser ele. Há pessoas que não querem aceitar a minha união estável com Gugu. Nós sempre fomos uma família. Marido e mulher, mãe e pai de três filhos. Só isso. É tão óbvio. Tenho inúmeras provas disso. Fotografias em casa, em viagens. Roupas dele em casa (em Orlando, nos EUA)", contou Miriam, dando início aa exposição sobre a disputa pela fortuna de Gugu.

Em resposta a entrevista, a família do apresentador, que era apontado como o sucessor de Silvio Santos aos domingos, soltou uma nota acusando Rose de abandonar seus filhos em Orlando e tratou as suas declarações como um absurdo. O comunicado deixou evidente que a relação entre Rose e a família de Gugu não estava tão harmoniosa como se imaginava.

"Rose Miriam saiu de casa na segunda-feira (16/12) sem comunicar a ninguém sobre sua viagem, deixando apenas uma mensagem de WhatsApp, informando a um funcionário que iria para um retiro e retornaria na quarta-feira (18/12). Até a presente data ela não voltou para casa. Nossa prioridade é o bem-estar e segurança dos filhos, João Augusto de 18 anos, Marina e Sofia, de 15 anos. Neste momento de extrema dor isso é absurdo. Qualquer informação sobre a herança dos filhos, deveria ser discutida somente com eles. Trata-se de um assunto familiar e existe sigilo judicial visando a proteção dos menores. Não temos nada mais a declarar", concluiu a nota assinada pela família.

O advogado de Rose rebateu o comunicado alegando: "Não é verdade que Rose Miriam Souza di Matteo veio ao Brasil sem o conhecimento dos filhos. Isso é para denegrir a imagem da viúva perante à opinião publica. Uma pessoa que se encontra fragilizada por tudo que aconteceu nas últimas semanas. Vale lembrar que seu marido e companheiro de quase duas décadas praticamente morreu em seus braços e na frente dos filhos".

Vida pessoal trancada a sete chaves

A vida pessoal de Gugu sempre foi trancada a sete chaves e preservada pela imprensa, algo que raramente acontece. Talvez pelo respeito ao profissional que tem uma trajetória importantíssima na historia da TV brasileira. Nunca foram noticiados seus romances dentro e fora dos estúdios da televisão. Causa surpresa que logo pessoas próximas a ele, num embate sobre direitos de herança, acabem trazendo essa discussão na mídia.

Por tudo que ouvimos nos bastidores, relatos de amigos do artista e por ele ter nos proporcionado domingos tão legais, Gugu não merecia essa briga exposta após sua morte, como homenagem a sua memória. O testamento, deixando 75% do seu patrimônio para os filhos e o restante para sua família, deveria ser respeitado como último desejo em vida. 

Os motivos que fizeram Gugu nunca citar Rose como companheira ou esposa, publicamente, não cabe esse espaço discutir. Porém, nesse verdadeiro Casos de Família edição celebridades, tem gente sofrendo em silêncio e que poderia esclarecer muita coisa, caso desrespeitasse a vontade do apresentador.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!