Coluna do Sandro

Gugu foi criado para ser o sucessor de Silvio Santos na TV

Silvio Santos apostou em Gugu na briga pela audiência aos domingos com a Globo

Gugu foi criado para ser o sucessor de Silvio Santos na TV
Divulgação

Publicado em 22/11/2019 às 21:29:42 ,
atualizado em 22/11/2019 às 21:29:56

Por: Sandro Nascimento

Filho de imigrantes portugueses, Gugu Liberato ganhou projeção nacional aos 23 anos apresentando, ao vivo nas noites de sábado, o icônico Viva a Noite, em 1982. Nesta época, o SBT ainda engatinhava como rede de televisão. Apostando em musicais, gincanas com artistas e prêmios, rapidamente o programa se tornou uma ameaça à liderança da Globo e elevou Gugu ao posto de principal nome artístico da emissora, ao lado dono, Silvio Santos, responsável por colocá-lo na frente das câmeras.

No ano de 1988, durante uma memorável entrevista no Show de Calouros, Silvio, que enfrentava um problema na garganta que poderia afastá-lo da apresentação dos seus dominicais, explicou como surgiu a estratégia de criar Gugu Liberato na missão de substituí-lo na disputa pelo Ibope do SBT contra a Globo.  

"Minha corda vocal é um músculo e tá cansada. Eu posso parar de falar a qualquer momento se o músculo se cansar. Eu posso ficar um ou dois [anos] sem falar. Eu tentei trazer o Gugu de volta (ele tinha acabado de assinar com Globo). O Gugu não é só um bom animador. Ele é um garoto e bom caráter. Conheci a mãe dele, conheci o pai dele, que me disse: 'Comigo é pau na mão e pow na outra. Filho meu não pode ser nem bêbado, vagabundo e ladrão'. Eu conheci a Maria (mãe) e o Augusto (pai), que foi caminhoneiro, eu disse que não vou perder esse garoto que eu trouxe para o SBT", comentou o apresentador, ao lado de Hebe Camargo, no palco do Show de Calouros.

E continuou: "Porque eu vou encontrar outros animadores, e já tinha até outros animadores, mas talvez eu não encontre um rapaz com boa formação como é o Gugu. Como eu perdi a batalha da minha voz, pela minha idade, eu vou passar, até por inteligência, para o Gugu. Porque os outros lá da Globo, estão dizendo: 'O velho está pifando, a voz está acabando. O Gugu tem 28 anos, daqui a cinco anos está 33 anos e está com  audiência lá em cima. O público acostuma com ele e o velho está pifando, tá acabando, e com 62 anos de idade nós estamos com o domingo ganho. E o SBT que sempre foi um dos donos do domingo fica sem nada'. Eu acordei, na minha introspectiva que fiz há 15 dias".

Em seguida, Silvio confirmou que pretendia deixar de apresentar seus programas aos domingos, num período de três anos, e deixar Gugu como seu sucessor, ao responder uma pergunta de uma telespectadora por telefone.

"Vou sim, mas não agora. Eu vou fazer 58 anos em dezembro. Nessa temporada de 88 eu vou fazer cinco horas e o Gugu quatro. Na temporada de 89, eu faço 59 anos, eu faço três e o Gugu seis. Na temporada de 90 eu faço 60 anos, e faço uma hora, uma hora e meia do Baú e o Gugu faz o restante. Em 91, quando eu completar 61 anos, eu vou fazer o Miss Brasil, Troféu Imprensa e alguns shows para satisfazer minha vaidade de homem de televisão", concluiu.

Confira o vídeo quando de Silvio Santos anunciou o retorno de Gugu Liberato na programação do SBT, em 1988, após negociar com a Globo sua rescisão do contrato:

Neste vídeo, o dono do SBT comanda o programa Roletrando ao lado de Gugu, como parte da estratégia de criar o hábito do público se acostumar com a presença do pupilo na grade de domingo da emissora.

 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!