Coluna do Sandro

Com A Dona do Pedaço, Globo ensina SBT e RedeTV! como se faz para driblar a crise na TV

Globo cria ações em A Dona do Pedaço pra fugir da escassez de investimentos no mercado publicitário

Com A Dona do Pedaço, Globo ensina SBT e RedeTV! como se faz para driblar a crise na TV
Divulgação/Globo

Publicado em 03/11/2019 às 05:14:19 ,
atualizado em 03/11/2019 às 16:09:34

Por: Sandro Nascimento

Com um mercado publicitário retraído, diante de poucos anunciantes ativos e um cenário político de grande instabilidade, GloboSBT, RedeTV! e Band enfrentam enormes dificuldades de fecharem o faturamento no positivo em 2019.  Em conversa com a coluna, um executivo de TV prevê uma queda de receita de até 20% em comparação ao último ano. 

Para dificultar ainda mais essa equalização de caixa, a verba oriunda do governo federal sofreu uma forte queda e com critérios de distribuição cada vez mais condicionadas a interesses que não cabem aqui nesse espaço discutir.

Até os horários comprados pelas igrejas para seus telecultos, dinheiro que ajuda muito a sobrevivência dos canais menores, teve uma puxada de freio longo do ano.  

E nessa crise publicitária, cada emissora vem se virando como pode para conseguir atravessar 2019 e evitar maiores problemas financeiros futuros. Infelizmente, a primeira atitude nessa situação acabando sendo o enxugamento da folha salarial com  demissões.

Diante desse cenário nebuloso no mercado televisivo, a Globo vem ensinando aos demais canais caminhos pra driblar a crise.  Vem apostando, cada vez mais, em novos formatos de comercialização, quebras de paradigmas e em produtos que venham atender ao interesse das agências de publicidade.

Nesse aspecto, a novela de Walcyr Carrasco,  A Dona do Pedaço, representa essa nova Globo que se apresenta ao mercado. Aceitando inserções comerciais mais curtas nos breaks, ações de merchandising inéditas envolvendo personagens e o ator, misturando assim, a ficção e o real, algo que no passado era expressamente proibido, além de faturar nas redes sociais com a personagem vivida pela atriz Paolla Oliveira, a digital influencer Vivi Guedes.

E nesse pacote de empresas que investem em merchans na trama de A Dona do Pedaço, tem aplicativos de delivery, loja de departamento, marca de fogão, e por aí vai. E não por acaso. Novela das 21h não é só o principal produto da Globo, mas da TV brasileira.

Bolo Mágico de A Dona do Pedaço

Quantas vezes o telespectador não sentiu vontade de experimentar o bolo mágico da Maria da Paz ao longo da trama? Até nisso, a Globo pensou e já disponibilizou sua venda em uma plataforma digital. A Dona do Pedaço virou uma máquina de dinheiro para a Globo e ela vem sabendo explorar. O folhetim é um divisor de águas  na sinergia do setor artístico com o comercial.

Esse caminho deveria também ser referência para outras emissoras. Que embora sofram de forma ainda mais intensiva com a crise no mercado publicitário, acabam não criando produtos ou ações que possam despertar o interesse das agências. Hoje, a RedeTV! aposta no popularesco, a Band não tem grade no horário nobre e o SBT, ainda pior, mantém 11 horas de programação diária destinada ao mundo cão e desenhos animados.  Quem hoje investe nisso?

Curiosamente, a única que se aproxima da Globo nessa questão de mercado vem a ser a Record, ainda que de forma distante, embora todos saibamos que lá dinheiro nunca será o problema.

Ninguém é líder por 55 anos sendo incompetente, e a Globo mostra com essa crise no mercado, mais uma vez, porque se tornou um império de comunicação. Cabe às outras emissoras, com A Dona do Pedaço, aprenderem a lição da professora. A RedeTV! não pode depender apenas da Sônia Abrão, a Band, do MasterChef, e o SBT, do Programa Silvio Santos.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!